Agronegócio

Ministro diz que Brasil pode importar café colombiano

Objetivo é comprar grãos verdes e melhorar "nosso mix"
Por: -Leonardo Gottems
2503 acessos


O Brasil é o maior exportador e produtor mundial de café. No entanto, o governo pretende ampliar as exportações de misturas de café torrado, ao mesmo tempo reduzindo as vendas de grãos verdes e aumentando a compra de café de países como a Colômbia para oferecer suas próprias misturas.

 
"Precisamos melhorar o nosso mix e, para isso temos que trazer pelo menos 30 por cento de café de outros lugares para misturar com o nosso", disse Fernando Pimentel, ministro do Comércio Exterior brasileiro. Ele falou em uma conferência de imprensa na cidade de Belo Horizonte, sede da reunião anual da Organização Internacional do Café (OIC).

 
A notícia foi recebido com entusiasmo e repercutida pela Proexport Colômbia, organização governamental focada em promover o turismo, as exportações e os investimentos em diversos países. Pimentel acrescentou que a ideia da importação do produto teria que ser precedida de uma mudança na legislação para permitir a entrada de grãos verdes do exterior.

 
Os preços internacionais do café acumula uma perda de 18% ao longo deste ano no mercado de Nova York. A queda forçou o Brasil a projetar uma série de medidas para ajudar os agricultores, entre os quais se destaca uma bateria de R$ 3 bilhões para financiar projetos produtivos.

 
 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink