Ministro recebe apoio do setor de algodão após anúncio de retaliação aos EUA

Agronegócio

Ministro recebe apoio do setor de algodão após anúncio de retaliação aos EUA

“Ficamos tranquilos com a iniciativa do ministro de sair em defesa do setor”, afirmou o presidente da Abrapa, Haroldo Cunha
Por:
289 acessos

O ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, recebeu apoio do setor de algodoeiro, nesta terça-feira (1º), após se posicionar sobre retaliação do Brasil aos Estados Unidos pelos subsídios concedidos aos produtores de algodão. A medida foi anunciada, nessa segunda-feira (31), pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Representantes da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), estiveram no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e pediram o apoio de Stephanes para que a retaliação ocorra em benefício dos cotonicultores nacionais. “Ficamos tranquilos com a iniciativa do ministro de sair em defesa do setor”, afirmou o presidente da Abrapa, Haroldo Cunha.

O ministro reforçou aos representantes da Associação as declarações dadas ontem, quando afirmou que a decisão de retaliar os norte-americanos deve favorecer a cotonicultura brasileira. Stephanes vai solicitar reunião extraordinária da Câmara de Comércio Exterior (Camex) para definir lista de produtos norte-americanos que possam sofrer aumento de alíquotas de importação.

A ideia é que a receita adicional, obtida a partir desse aumento de tarifa, seja destinada a atividades que promovam o aumento da competitividade do setor. “Este assunto será levado para apreciação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, disse Stephanes aos representantes da Abrapa.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink