Agronegócio

Ministros da AL querem mais participação na gestão dos recursos hídricos

Representantes políticos reconhecem demanda multissetorial pela água e reforçam papel da cooperação técnica
Por:
890 acessos
O desenvolvimento e consolidação da participação dos ministérios da Agricultura na definição das políticas de gestão integradas dos recursos hídricos foi um dos principais pontos de acordo entre os ministros do setor na reunião realizada na Argentina. Além disso, os representantes políticos nacionais do setor agrícola se comprometeram a impulsionar o uso sustentável da água para produzir alimentos, fibras e matérias primas. 


Eles estão reunidos no Encontro de Ministros da Agricultura das Américas 2013, convocada pelo governo da Argentina com apoio do Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), em Campanha, a cerca de 40 km de Buenos Aires. 

A Declaração Argentina 2013, firmada pelos ministros e chefes de delegação presentes à reunião, admite que, para fortalecer a segurança alimentar das Américas é preciso se incrementar a produtividade agrícola, para a qual a disponibilidade de água – reconhecida com o um recurso finito – é fator chave. 


“Estamos conscientes que a contribuição da agricultura para o desenvolvimento com inclusão social enfrenta grandes desafios”, agrega o texto. O documento ainda agrega que a demanda pelos recursos hídricos tem caráter multissetorial, uma vez que estes recursos também são utilizados para o consumo humano, a indústria, a geração de energia e outras atividades. 


Por estes motivos, as autoridades asseguraram a intenção dos países que representam de fortalecer as capacidades institucionais dos ministérios da Agricultura. O objetivo é trabalharem juntos com outros setores para melhorar a gestão da água. 

“Instamos os estados membros do IICA a favorecerem o desenvolvimento de programa nacionais e regionais que incrementem a inovação e a transferência de tecnologia para o uso sustentável dos recursos hídricos na agricultura”, aponta a declaração. 

Os signatários da declaração encarregaram o IICA e outros organismos internacionais da tarefa de liderar, coordenar e apoiar um programa de cooperação técnica que promova a gestão integral dos recursos hídricos no setor.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink