Missão da UE detecta falhas na rastreabilidade no Mato Grosso do Sul
CI
Agronegócio

Missão da UE detecta falhas na rastreabilidade no Mato Grosso do Sul

Por:

A missão técnica da União Européia (UE) que visitou três Estados brasileiros na semana passada, vistoriando as condições de defesa sanitária animal e, principalmente, a colocação em prática do sistema de rastreabilidade bovina do Sistema Brasileiro de Identificação e Certificação de Origem Bovina e Bubalina (Sisbov), não ficou satisfeita com o que encontrou em pelo menos um Estado.

Fontes do governo de Mato Grosso do Sul relatam que a missão se surpreendeu ao descobrir que todo o aparato de defesa estadual não é utilizado para vistoriar o processo de rastreabilidade. Os técnicos europeus também teriam, segundo estas fontes, se espantado com o fato de a rastreabilidade estar sob comando do Ministério da Agricultura, sem delegar aos organismos estaduais de defesa sanitária autorização para exercer as funções de controle e vistoria.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink