Missão japonesa aponta o TO como exemplo de projeto agrícola sustentável
CI
Agronegócio

Missão japonesa aponta o TO como exemplo de projeto agrícola sustentável

Na safra de 2010/2011, o Tocantins produziu mais de 1 milhão de toneladas de soja
Por:

“O Prodecer III localizado no município de Pedro Afonso é um projeto extraordinário. Ele deve ser exemplo de agricultura sustentável para o Brasil e para o mundo. Devemos mostrar o potencial que ele representa em termos de tecnologia avançada para transformação da economia e da sociedade como um todo, disse o especialista da JICA – Agência de Cooperação Internacional do Japão, Yutaka Hongo, ao entrevistar o governador Siqueira Campos, na tarde dessa quarta-feira, 8. A entrevista aconteceu no gabinete do governador, no Palácio Araguaia.

A entrevista dos representantes da JICA, direcionada ao governador Siqueira Campos, é fruto do reconhecimento do Prodecer III – Programa de Desenvolvimento dos Cerrados que será apresentado em um livro denominado “Projecty History”. “Queremos mostrar os avanços desse projeto agrícola para o Japão e outras nações”, argumentou Yutaka.

Ao pronunciar, o governador Siqueira Campos fez um apanhando histórico da criação do Tocantins, apontando as fases de crescimento do Estado. O governador mencionou o projeto Prodecer III como um dos pilares de desenvolvimento econômico e social para o Tocantins. “O Prodecer foi um ponto de partida no processo de desenvolvimento para o Tocantins. Abriu as portas para o crescimento do Estado, atraindo investidores interessados em produzir nas terras tocantinenses”, disse o Governador.

Agronegócio

Os avanços do agronegócio tocantinense foram destacados como impulso transformador de mudança da economia. “A agricultura e a pecuária tocantinense são responsáveis por 99,60% das exportações do Estado. O que demonstra que o Tocantins avança no agronegócio. Para isso aplicamos investimentos para o desenvolvimento sustentável da agropecuária tocantinense”, destacou o governador.

Para o secretário Executivo da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Ruiter Padua, o Prodecer tornou o Tocantins um portal de entrada para grandes empreendimentos. “O Programa atraiu muitos investidores para o Tocantins. Avançamos muito na pecuária e agricultura e o Estado ainda possui todas as possibilidades para se destacar, ainda mais, neste segmento do agronegócio”, enfatizou Ruiter Padua.

Prodecer

O Prodecer, mais antigo programa agrícola do país, foi criado na década de 1970, e a III etapa foi implantada no Tocantins em 1996, no município de Pedro Afonso. Para o Prodecer III foram destinados US$ 850 milhões, dos quais 60% oriundos do governo japonês, resultado de um acordo bilateral entre o Brasil e o Japão.

Após a implantação do Prodecer III, o Tocantins avançou na produção agrícola, principalmente da soja. Segundo dados da Seagro, em 1996, o Tocantins produzia apenas em uma área de 400 hectares. De 1999 a 2002, essa área aumentou em torno 100%, ocasionando crescimento de aproximadamente 200% maior que a média nacional.

Na safra de 2010/2011, o Tocantins produziu mais de 1 milhão de toneladas de soja. Nessa safra, o Prodecer foi responsável por 56% da produção dos grãos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.