Agronegócio

Monsanto entra no mercado de defensivos biológicos

BioDirect™ é a primeira tecnologia biológica da gigante mundial
Por: -Leonardo Gottems
10466 acessos


Seguindo a tendência mundial de produtos que protejam a lavoura preservando o meio ambiente, a Monsanto está entrando no mercado de biodefensivos. A BioDirect™ é a primeira tecnologia biológica da gigante mundial de agroquímicos. Ainda em fase inicial de pesquisa, utiliza moléculas encontradas na natureza, como o RNA (ácido ribonucleico), para a proteção da lavoura contra insetos praga, plantas daninhas, fungos e vírus – sem a utilização da transgenia.

 
A plataforma de pesquisa e desenvolvimento terá foco em quatro áreas: manejo de plantas daninhas, manejo de insetos, controle de vírus e saúde das abelhas. “A BioDirect™ se agregará às demais biotecnologias da Monsanto para apoiar o agricultor na busca de práticas agrícolas sustentáveis e que possibilitem uma melhor produtividade”, explica Jesus Madrazo, líder de negócios internacionais da Monsanto Company.
 
Para o vice-presidente executivo e cientista-chefe da Monsanto, Robb Fraley, a BioDirect™ representará um grande avanço para a agricultura. “Ao trabalhar com o processo natural da própria planta, temos o potencial de desenvolver produtos muito mais precisos no funcionamento e na eficácia, que irão demandar um número muito menor de aplicações do que ocorre na agricultura atual. Isso é melhor para os agricultores e irá ajudá-los a produzir mais, conservando mais”, disse Fraley.

 
A tecnologia já foi testada, com resultados promissores, em plantas daninhas resistentes, como do gênero Amaranthus (também conhecida como caruru), que esgotam os recursos vitais das culturas como água, nutrientes e luz solar, impedindo-os de florescer. Um produto biológico agrícola criado através da tecnologia BioDirect™ pode ser combinado com glifosato para controlar o amaranto resistente.
 
O controle de insetos é outra área em que a BioDirect™ se mostrou promissora. Os primeiros testes demonstram que um inseticida criado com tecnologia BioDirect™ pode ser eficaz contra o “besouro da batata”, não afetando outros insetos benéficos, como as joaninhas. A tecnologia também oferece novos modos de ação para controle de pragas que podem se tornar resistentes às soluções de cultivo atuais.

 
Encontra-se também em fase de pesquisa um produto que pode, potencialmente, reduzir o impacto de vírus em plantas. Os vírus têm muitos efeitos negativos em grandes culturas e podem reduzir o rendimento delas. A Monsanto trabalha no desenvolvimento de um produto com a tecnologia BioDirect™ que reduziria esse prejuízo.
 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink