Movimentação de gado só após vacinar contra aftosa

Agronegócio

Movimentação de gado só após vacinar contra aftosa

Nenhuma Guia de Trânsito Animal (GTA) será emitida sem que o produtor tenha vacinado o rebanho
Por: -Redação
3 acessos

Os criadores interessados em movimentar bovinos e bubalinos de uma fazenda para outra ou de uma região para outra só podem fazê-lo a partir de agora após a vacinação contra a febre aftosa, cuja segunda etapa deste ano está em andamento em todo o Circuito Pecuário Centro-Oeste. Desse modo, nenhuma Guia de Trânsito Animal (GTA) será emitida sem que o produtor tenha vacinado o rebanho.

A única exceção é quanto aos animais que vão para abate imediato nos frigoríficos que, neste caso, não terão necessariamente de estar imunizados. A medida é válida em Goiás e no Tocantins, bem como nos demais Estados que integram o Circuito Centro-Oeste. Toda essa área é classificada como zona livre de aftosa com vacinação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink