MS: estado decreta toque de recolher
CI
Imagem: Pixabay
PANDEMIA

MS: estado decreta toque de recolher

Decreto vale por 15 dias para todos os municípios
Por: -Eliza Maliszewski

Com o avanço do coronavírus e receio de um colapso no sistema de saúde, o Mato Grosso do Sul resolveu decretar toque de recolher em todo o estado pelo prazo de 15 dias. O governador Reinaldo Azambuja determinou a medida a partir da próxima segunda-feira, dia 14 de dezembro.

O decreto é válido para os 79 municípios sul-mato-grossenses e os cidadãos não poderão sair de casa entre 22h e 5h. Há exceção em casos de trabalho e emergência médica. Serviços não essenciais como bares e restaurantes devem permanecer fechados durante o horário de restrição. "Como a cada dia que passa mais pessoas estão sendo contaminadas, tivemos que pisar no freio para não faltar leitos. Tivemos que tomar essa atitude para evitar mais mortes”, afirmou o governador. Autoridades da área da segurança farão a fiscalização do cumprimento.

Nas últimas 24 horas o estado registrou 1.236 casos positivos de Covid-19 e 18 óbitos, totalizando 109.785 infectados e 1.888 mortes. De acordo com o boletim epidemiológico da doença, a taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI no Estado aumentou drasticamente e já há falta de vagas nas regiões de Campo Grande e Corumbá. Já as regiões de Dourados e Três Lagoas estão com ocupação de 78% e 64%, respectivamente. Ainda segundo as autoridades 45 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul estão com grau elevado de contaminação para o coronavírus.

No vizinho Mato Grosso o governador Mauro Mendes descartou o lockdown por enquanto. O estado também teve aumento significativo dos casos pós-eleições. “É muito cedo para falar nisso [lockdown]. A doença é séria, é grave, a doença tem que ser tratada com a seriedade que ela requer", disse ele. O estado teve crescimento no aumento da média móvel nesta quinta-feira (10).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink