MS: Sindicato Rural de Maracaju lança livro sobre a história da agricultura do município
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

MS: Sindicato Rural de Maracaju lança livro sobre a história da agricultura do município

Projeto foi realizado durante a pandemia, ouvindo mais de 20 produtores rurais de Maracaju
Por:

Com apoio do Sistema Famasul, através do Senar/MS, o Sindicato Rural de Maracaju lança o livro “A História da agricultura de Maracaju, dos campos de vacaria para o maior produtor de grãos do Mato Grosso do Sul”.  A obra de 140 páginas resgata a história do nascimento da cidade, passando pela criação do agronegócio local, o desenvolvimento tecnológico, até se tornar uma das oito cidades mais ricas da agricultura do país na atualidade.

“Maracaju é um importante polo para a agricultura, que já se tornou referência em tecnologia e desenvolvimento para todo país. Registrar a história, desde os primeiros passos até a transformação de sua economia, é um presente para todas as gerações. Temos orgulho em fazer parte deste projeto. Parabenizo o Sindicato Rural da cidade pela iniciativa”, destacou o presidente do Sistema Famasul, Marcelo Bertoni.

O livro valoriza todas as famílias maracajuenses que se dedicaram ao setor nas últimas décadas, contribuindo para a construção da história, e àquelas que vieram de outros lugares, como Holanda, Rio Grande do Sul e Paraná, trazendo a vontade de desbravar Maracaju e o conhecimento técnico na produção de algumas culturas, como soja e milho.

Para o presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Fábio Caminha, o projeto é especial para toda região de Mato Grosso do Sul, por proporcionar o conhecimento sobre história da cidade, que é berço e referência na agricultura. “Apostamos no livro como um resgate histórico fundamental para ficar registrado para as futuras gerações. Contar uma história é mergulhar em fatos que aconteceram, estudar, pesquisar e, sobretudo, é aprender. Isso vem ao encontro do nosso propósito à frente do Sindicato, que é de transformar realidades por meio da educação”, enfatizou.

Nesta primeira edição foram impressos em torno de 500 exemplares, sem fins lucrativos. “Já soubemos do interesse da Secretaria Municipal de Educação em inserir o livro como conteúdo para aulas de história, o que é valoriza a própria agricultura local”, ressaltou o presidente do Sindicato.

Idealização - A ideia do livro surgiu em 2020, pelo Núcleo de Mulheres do Sindicato Rural. “Temos orgulho deste trabalho feito com muito carinho e responsabilidade, que registra nossa história. E assim como esta, muitas outras poderão ser contadas, em novas edições”, frisou a diretora do Núcleo, Ana Nery Terra Souza.

Sobre a autora - Quem escreve o livro é a jornalista paranaense Vanessa Bordin, que se mudou em 2020 para Maracaju e recebeu o convite do Sindicato Rural para fazer parte do projeto. Vanessa é Jornalista há 17 anos, sendo dez como repórter de TV, além de passagem por assessorias de imprensa. “O convite para escrever o livro foi uma grande oportunidade para conhecer os produtores, ouvir e contra tantas histórias. Para mim, representa um marco na carreira profissional e um lindo trabalho que busca preservar cada história”, destacou a jornalista e escritora.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.