MS bate recorde na safrinha de milho
CI
Imagem: Marcel Oliveira
PRODUTIVIDADE

MS bate recorde na safrinha de milho

Estado fechou safra de inverno com 93,4 sacas por hectare, maior produtividadedesde a safra 2013/2014
Por: -Eliza Maliszewski

Os produtores do Mato Grosso do Sul estão comemorando os bons resultados da safra de inverno de milho. Foram colhidas 10,6 milhões de toneladas mas o que chama a atenção é a produtividade. Fechou em 93,4 sacas por hectare sendo a maior dos últimos seis anos, quando o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (SigaMS) começou a contabilizar os dados.

A área plantada com a cultura atingiu 1,8 milhão de hectares. "Nesta safra percebemos que o produtor optou por reduzir a área plantada, mas com qualidade, na janela correta, o que resultou em boa produtividade mesmo com intempéries climáticas. Não foi uma safra fácil, mas vemos o produtor cada vez mais eficiente", ressalta o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi.

Entre as safras de 2013/2014 e 2019/2020 a produção cresceu 23,68%, a área plantada aumentou 13,47% e a produtividade incremento de 9%. O bom resultado na safra atual, apesar do atraso no plantio e redução da área cultivada, mostra que o produtor tem investido cada vez mais em tecnologias.

A região sul do Estado corresponde a 67,5% de toda a área plantada, com destaque para o município de Aral Moreira que alcançou produtividade de 110 sacas por hectare e Maracaju produziu 1,649 milhão de toneladas. A região centro detém 20% da área coberta com milho, onde só Sidrolândia produziu 989 toneladas de milho. Já a região norte representa 11,9% da área plantada, acompanhada pelo SigaMS.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink