MS planeja aumento do uso de defensivos biológicos

Agronegócio

MS planeja aumento do uso de defensivos biológicos

Plano deve orientar políticas públicas
Por: -Leonardo Gottems
1415 acessos

Foi finalizado este mês o Plano de Controle Biológico de Pragas para Mato Grosso do Sul, elaborado por entidades do setor agrícola para o secretário de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf) daquele estado, Fernando Mendes Lamas. O documento, resultado de três meses de pesquisas e reuniões, tem o objetivo de reduzir do uso de agroquímicos, propor soluções sustentáveis e diminuir custos de produção.

O Plano contém metas de curto prazo (de um a dois anos), que estipulam o mapeamento das tecnologias de controle biológico disponíveis no Brasil para as principais pragas que afetam o MS. Inclui a criação de biofábricas, treinamento da mão de obra, programas de pesquisa e de ensino nas diversas cadeias do agronegócio do estado. O documento deverá orientar as políticas públicas para o setor.

“Temos sérios problemas e precisamos modificar o modelo atual de agricultura diminuindo o uso de agrotóxicos. O caminho é o controle biológico, ferramenta de fundamental importância para mudar nossa agropecuária. Agora é transformar o plano em projetos. Temos tecnologias disponíveis para o produtor utilizar e embasamentos de forma organizada. Precisamos priorizar e fazer com que o agricultor utilize as informações e as incorpore no seu sistema de produção”, declarou o secretário da Sepaf, Fernando Lamas. 

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink