MT: 1° em boi e apenas o 6° em couro
CI
Agronegócio

MT: 1° em boi e apenas o 6° em couro

O balanço das vendas externas de couros reafirma a liderança de São Paulo
Por:

Mato Grosso, dono do maior rebanho de bovinos do país, com mais de 27 milhões de cabeças, é apenas o sexto quando o assunto é a exportação de couro. Conforme dados divulgados Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), neste primeiro semestre de 2010, o Estado gerou receita de US$ 55,18 milhões.

O balanço das vendas externas de couros dos estados brasileiros no primeiro semestre de 2010 ante o mesmo período de 2009 reafirma a liderança de São Paulo como maior exportador nacional (US$ 262,58 milhões, participação de 29,85% e aumento de 116%), seguido pelo Rio Grande do Sul (US$ 219,86 milhões, participação de 25% e crescimento de 62%), Ceará (US$ 84,42 milhões, 9,6% e crescimento de 69%), Paraná (US$ 78,94 milhões, 8,98% e aumento de 84%).

Os demais estados são Bahia, (US$ 55,59 milhões), Mato Grosso (US$ 55,18 milhões), Goiás (US$ 30,42 milhões), Mato Grosso do Sul (US$ 29 milhões) e Minas Gerais (US$ 17,62 milhões). Cabe ressaltar o crescimento significativo no período das exportações do Pará (331%, US$ 19,5 milhões), Santa Catarina (81%, US$ 11,9 milhões), Rondônia (129%, US$ 9,6 milhões) e Sergipe, que aumentou 1.361%, saltando de US$ 54,77 mil para US$ 800 mil.

Os dados foram elaborados pelo CICB, com base no balanço da Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Secex/MDIC).

O complexo industrial do couro emprega cerca de 50 mil pessoas, movimenta um PIB estimado em US$ 3,5 bilhões, exportou US$ 1,16 bi em 2009, contribuindo em 7% para o saldo da balança comercial brasileira. Já a cadeia produtiva do couro que abrange os setores de curtumes, calçados, componentes, máquinas e equipamentos para calçados e couros, artefatos e artigos de viagem em couro, reúne 10 mil indústrias, gera mais de 500 mil pessoas e movimenta receita superior a US$ 21 bilhões de dólares por ano.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.