MT: plantio de soja está atrasado
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,126 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,05%)

Imagem: Marcel Oliveira

SECA

MT: plantio de soja está atrasado

Volume de chuvas está 77,59% menor que a média dos últimos cinco anos
Por: -Eliza Maliszewski
1587 acessos

O clima seco afeta a semeadura de soja no Mato Grosso. Segundo o Instituto Mato-grosssense de Economia Agropecuária (Imea) em setembro foram registrados apenas 7,78 mm de chuva no estado, volume 77,59% menor que a média dos últimos cinco anos. Com isso o plantio está em apenas 1,70% da área, valor 4,94 pontos percentuais a menos do que o registrado na safra 19/20, no mesmo período. 

A consequência disso pode ser percebida nos dados históricos: desde que o Imea começou seu levantamento de semeadura (safra 08/09), apenas em quatro safras o atraso foi semelhante ou maior que o atual. Os que mais perdem com esta demora são o algodão e o milho (ambos 2ª safra). “Porém, é importante lembrar que o produtor é o mesmo (soja + milho e soja + algodão), ou seja, o risco a campo do agricultor está aumentando de qualquer forma”, destaca o boletim.  

De acordo com projeções da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o Estado deve ter aumento de 2,7% em relação à safra anterior da oleaginosa e chegar a 36,8 milhões de toneladas. A área plantada deve aumentar 2,8%, atingindo 10,2 milhões de hectares. A Conab também alerta que a falta de chuva pode levar ao replantio, aumentando os custos de produção. 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) as precipitações devem dar um alivio à seca a partir do dia 14 de outubro. Nesta semana há previsão de pancadas no Centro-Oeste amenizando as alta temperaturas da semana anterior, quando algumas cidades alcançaram os 44ºC. Nesta segunda-feira (12) a capital Cuiabá alcançou 37% da média de chuvas de outubro, com 42,5 mm. Em Tangará da Serra foram 40 mm. Na quinta-feira (15), áreas de instabilidade devem se espalhar entre o oeste e sul de Mato Grosso, o Mato Grosso do Sul e o sul de Mato Grosso fazendo com que estas regiões tenham bastante nebulosidade e maior chance de chuva do que as outros locais do Centro-Oeste. 
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink