MT: Polícia Civil recupera carga de defensivos agrícolas roubados

Agronegócio

MT: Polícia Civil recupera carga de defensivos agrícolas roubados

A carga avaliada em cerca de R$ 500 mil, foi entregue ao dono da fazenda
Por:
2464 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Investigadores da Polícia Civil recuperou no final da manhã dessa quinta-feira (02.10) uma carga de defensivos agrícolas que haviam sido roubados durante a madrugada do galpão de uma fazenda, localizada a 20 km do centro de Lucas do Rio Verde, nas proximidades da comunidade Morocó.

A quadrilha chegou por volta das 02h00 da madrugada, colocaram veneno em uma F-4000 e mataram um cachorro que estava próximo ao galpão. Em seguida conseguiram estourar quatro cadeados com uma espécie de alicate.

Ainda na madrugada os funcionários iram começar os trabalhos na propriedade, quando perceberam o roubo.

Pela manhã, os proprietários da fazenda foram até a delegacia onde fizeram o boletim de ocorrência. Mais tarde, os investigadores em diligência, foram até a casa de um suspeito, no bairro Jardim Amazonas.

Ao perceber que a viatura da Polícia se aproxima, o homem montou em uma camioneta Hilux de cor branca e saiu em alta velocidade. O suspeito seguiu em direção a BR-163 sentido a cidade de Nova Mutum enquanto os investigadores faziam o acompanhamento.

Acuado, o suspeito entrou em várias estradas vicinais e ao tentar voltar para a cidade, acabou capotando a Hilux próximo a ponte do rio Piranhas, a cerca de 15 km do centro de Lucas do Rio Verde.

Desesperado, o homem quebrou a janela e conseguiu embrenhar na mata, sumindo das vistas dos investigadores. Enquanto isso, outra equipe da Polícia Civil foi até a casa e no quintal encontrou a F-400 com todos os produtos do roubo.

De acordo com delegado, Bruno Abreu, o homem já tem passagem na polícia por roubo. Nesse momento os policias tentam localizar o fugitivo.

A mulher do suspeito, que estava na residência foi encaminhada para a delegacia para dar explicações sobre o caso. Abreu acredita no envolvimento da mulher na quadrilha de roubadores.

A carga avaliada em cerca de R$ 500 mil, foi entregue ao dono da fazenda.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink