MT: Soja de US$ 14 a US$ 21 a saca

Agronegócio

MT: Soja de US$ 14 a US$ 21 a saca

A comercialização antecipada em Mato Grosso alcança índices históricos
Por: -Giovani Ferreira
697 acessos

A comercialização antecipada em Mato Grosso alcança índices históricos, e muito acima de estados como o Paraná, onde não existe muita tradição nesse modelo de venda. Por outro lado, a reação dos preços na Bolsa Chicago, que sustentam a soja na casa dos US$ 11 e US$ 12/bushel (27,2 quilos), também amplia a frustração dos produtores que travaram preço antes do rali verificado entre setembro e outubro no mercado internacional.

Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), 45% da produção prevista já foram comercializados, contra 29% em igual período do ano passado. Otávio Celidonio, superintendente do instituto, acredita que a venda futura poderia ser ainda maior, não fosse o temor provocado pelo clima e a possibilidade de não conseguir honrar contratos.

Nos negócios travados desde junho, os produtores do estado conseguiram preços entre US$ 14 e U$ 21 a saca de 60 quilos. Milton Mateus, de Diamantino, vendeu até agora 50% da produção prevista em contratos de US$ 15 para entrega em junho e de US$ 20 para outubro. Com 60% da safra comprometida, Hernandez Piccoli, do município de Vera, realizou vendas a US$ 15,70, US$ 16,80, US$ 17 e US$ 20. Com o mercado interno aquecido por causa da demanda para ração e biodiesel, a cotação em Mato Grosso chega se descolar de Paranaguá, referência para o grão de exportação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink