MT fecha 2º trimestre abatendo mais suínos
CI
Agronegócio

MT fecha 2º trimestre abatendo mais suínos

Foram 568,7 mil animais enviados para as indústrias
Por:
Foram 568,7 mil animais enviados para as indústrias

O abate de suínos em Mato Grosso no segundo trimestre de 2012 tornou-se 9,3% superior frente ao mesmo período de 2011 e 10,3% acima do trimestre imediatamente anterior, informou nesta quinta-feira (27) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), por meio da Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, do Leite, do Couro e da Produção de Ovos de Galinha.

Entre abril e junho foram enviadas às indústrias frigoríficas 568,7 mil exemplares (em 2011 foram 520.590). O peso acumulado atingiu 60.145 toneladas, resultado 36,4% maior ante o igual período do ano passado.

Em volume abatido, Mato Grosso figurou na quinta posição do ranking nacional, atrás de estados como Santa Catarina (2,2 milhões de cabeças), Rio Grande do Sul (1,8 milhão), Paraná (1,6 milhão) e Minas Gerais (1 milhão).

O desempenho da unidade federada, aliado à alta verificada nos outros estados do Centro-Oeste - fez a região corresponder a 45% do aumento do abate nacional.

Segundo a pesquisa, em termos percentuais a maior expansão no volume de abates verificou-se no Distrito Federal (+21,3%), seguida por Mato Grosso do Sul (10,1%), Mato Grosso (9,3%) e Goiás (3,2%).

Brasil

No país foram abatidas 8,8 milhões de cabeças, volume 2,6% acima do idêntico período de 2011. À época o plantel chegou a 8,6 milhões de animais.

A pesquisa do IBGE mostra que a maior participação nas operações registrou-se no Sul (65,3%), seguida pelo Sudeste (17,5%), Centro-Oeste (16%), Nordeste (1,2%) e Norte (0,1%).

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink