Etanol

Multinacional americana construirá maior usina de etanol de milho do Brasil em MT; investimento é de R$ 500 mil

O empreendimento foi projetado para moer 1 milhão de toneladas de milho por ano
Por:
47 acessos

Com investimento de R$ 500 milhões, a multinacional americana Industria Paraguaya Alcoholes S.A. (Inpasa) construirá a maior usina de etanol de milho do Brasil em Sinop (480 km de Cuiabá). As obras começam em janeiro de 2018 e devem gerar cerca de dois mil empregos diretos ao longo da execução, além de outras duas mil vagas diretas e três mil indiretas, com o início das atividades, em julho de 2019. Para atrair os empresários o Governo recorreu ao programa de incentivos à instalação de indústrias, reduzindo o ICMS de 25% para 7%.

O empreendimento foi projetado para moer 1 milhão de toneladas de milho por ano, superando a usina de Lucas do Rio Verde (320 km de Cuiabá), primeira do Brasil. O anúncio foi feito na última semana pelo diretor-presidente e diretor-executivo José Odvar Lopes e Rafael Ranzolin, respectivamente, em visita ao governador Pedro Taques (PSDB). De acordo com a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), a empresa já possui investimentos em duas unidades no Paraguai.

“Escolhemos Mato Grosso pelo mercado gigante de matéria prima. Estamos trabalhando nos detalhes finais, passando da esfera municipal para a estadual, para entrarmos realmente com o pé direito e gerarmos emprego e renda para o Estado e para o país. Tem mais de um ano e meio que estamos trabalhando em cima disso. Por questões de logística e por disponibilidade de matéria prima escolhemos Sinop”, diz Rafael Ranzolin. 

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone, destacou a importância da agregação de valor do milho com a industrialização ainda em Mato Grosso. “O milho faz parte do planejamento estratégico do Estado, nós temos uma produção de 30 milhões de toneladas de milho, que provavelmente vai chegar a 50 milhões nos próximos cinco anos, e nós precisamos fazer com que este milho seja industrializado dentro do Mato Grosso”.

Para ele, isso torna o setor mais competitivo em relação às indústrias dos outros estados. “Conversamos com o vice-governador e secretário de Meio Ambiente Carlos Fávaro para lidar com as questões das licenças ambientais e esta reunião com o governador foi fundamental. O governador vai visitar a Usina deles no Paraguai. Esta é uma área em que vamos ter muitos investimentos em Mato Grosso nos próximos anos”, finaliza.

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco, líder do governo na Assembleia Legislativa, e o deputado federal Nilson Leitão também acompanharam a reunião dos empresários com o governador. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink