Não há crise de abastecimento, diz Abramilho

Agronegócio

Não há crise de abastecimento, diz Abramilho

Dirigente este reunido com secretário de Política Agrícola
Por: -Leonardo Gottems
1018 acessos

 

Segundo o presidente institucional da Abramilho (Associação Brasileira dos Produtores de Milho), Sergio Bertolozo, não existe uma crise de abastecimento do cereal. Para ele o que ocorre é uma alta de preço por conta de diminuição de área no verão, quando os produtores ocuparam áreas do milho para plantar soja por conta do preço da oleaginosa. 

Bertolozo ressalta também a estiagem que está assolando vários estados da Região Centro-Oeste, o que provocou certa escassez. Por outro lado, ele aponta que as agroindústrias estão podendo se abastecer via importação, já que os preços estão mais favoráveis e não há tributação. 

Nesta quarta-feira (15.06) ele esteve reunido com o secretário de Política Agrícola, Neri Geller, em conjunto com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), representada pelo seu presidente, Francisco Turra. Na pauta do encontro foi avaliada a comercialização de milho e discutida a possibilidade de as agroindústrias entrarem no mercado a futuro, como fazem as tradings, a fim de garantirem renda ao produtor e que eles não sofram com as oscilações do mercado, como está ocorrendo agora.

“Precisamos mudar o conceito de que o produtor que vende milho sempre quer o maior preço e que a agroindústria quer comprar por menos. O melhor caminho é criar uma plataforma que iguale o preço para o interesse das duas partes e de produtores independentes. E esta seria utilizar a base dos preços internacionais, assim com acontece com a soja, para balizar os preços no mercado interno”, conclui Bertolozo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink