Natal recebe o décimo Congresso Iberolatinoamericano de Apicultura
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Natal recebe o décimo Congresso Iberolatinoamericano de Apicultura

São quatro dias com uma extensa programação que inclui Conferências, Mini conferências, Rodada de negócios, Concursos, Feira internacional, Visitas técnicas pós-congresso e Simpósios, reunindo pesquisadores de renome internacional
Por: -Silvano
1505 acessos
Durante quatro dias, Natal será a capital mundial da Apicultura. Além de conferências, rodadas de negócios e exposição de produtos apícolas, evento contará com renomados especialistas

A capital do Rio Grande do Norte, Natal, vai sediar o maior evento mundial do segmento de Apicultura. O X CONGRESSO IBEROLATINOAMERICANO DE APICULTURA E A APIEXPO 2010, serão realizados de 11 a 14 de outubro, no Centro de Convenções da capital potiguar. Nesta edição, o tema principal será O Meio Ambiente e a Apicultura no Agronegócio.

O evento, que deverá reunir 2.500 participantes é promovido pela FILAPI - Federação Ibero-latinoamericana de Apicultura, CBA – Confederação Brasileira de Apicultura e SEBRAE - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte, com a realização da FARN - Federação Apícola do Rio Grande do Norte.

São quatro dias com uma extensa programação que inclui Conferências, Mini conferências, Rodada de negócios, Concursos, Feira internacional, Visitas técnicas pós-congresso e Simpósios, reunindo pesquisadores de renome internacional.

De acordo com o presidente do Congresso, Valdemar Belchior Filho, o evento objetiva dar uma forte contribuição para o desenvolvimento da atividade e toda a programação proposta vai permitir amplas discussões acerca dos temas.

APIEXPO

O Congresso também contará com a APIEXPO, formada por 135 estandes que vão expor e comercializar desde equipamentos específicos para o segmento apícola a produtos medicinais e cosméticos utilizados na apiterapia e cosmetologia. O visitante também poderá conhecer o Espaço Abelha e saber como é produzido o mel, pólen e própolis , e quais as espécies de abelhas predominantes no RN. Será montado também um museu, com a história dos equipamentos e utensílios usados na produção e coleta do produto. A APIEXPO também terá uma mostra de produtos da agricultura familiar (mel, doces, rapadura, castanha, etc), além apresentações de grupos de artesanato. Um dos destaques é o grupo do projeto Território Açu / Mossoró, da Associação Mossoroense de Artesanato que desenvolveram especialmente para a feira uma nova linha de produtos com o tema apicultura, como porta-livro, porta-celular, chaveiros e copinhos de cachaça. Já a empresa catarinense Prodapys vai expor no evento uma linha de alimentos (mel, balas naturais, extrato de própolis, geléia real) e cosméticos (hidratante corporal, creme com geléia real, sabonetes de mel, própolis e pólen). Também haverá distribuição de mudas para os presentes. A entrada é gratuita.

CONCURSO

Dentro da programação do X CONGRESSO ÍBEROLATINOAMERICANO DE APICULTURA E A APIEXPO 2010 vai ser promovido um concurso que visa estimular e integrar os grupos presentes. Os participantes podem escolher entre oito categorias: Mel, Artesanato, Fotografia, Rótulo, Livro, Invento, Caravana, Apicultor mais jovem e Apicultor mais antigo. Os jurados do concurso serão membros da comissão científica. Na categoria Mel, a empresa terá que ser certificada, como também serão verificados os parâmetros de qualidade. As inscrições para o concurso poderão ser feitas através do site www.xibla.com.br

Renome Internacional

Especialistas de renome internacional também vão estar presentes no Congresso. Um dos nomes mais aguardados é o do francês Dr. Gilles Ratia, importante ícone da apicultura mundial e Presidente da Apimondia, organização internacional que congrega entidades apícolas de mais de 75 países do mundo e estabelece relações entre todas as pessoas que se dedicam à apicultura. Ele fará a conferência de abertura do Congresso, com o tema: A Apimondia e seu futuro. Outro destaque do Congresso é o Prof. Doutor Osmar Malaspina, do Departamento de Biologia/Centro de Estudos de Insetos Sociais do Instituto de Biociências de Rio Claro/UNESP (SP). Ele é um dos autores do desenvolvimento da patente do soro contra veneno de abelhas e ministrará palestra sobre o efeito dos agrotóxicos nas abelhas. Segundo o especialista, atualmente, no Brasil a mortalidade das abelhas provocada pelos agrotóxicos tem aumentado consideravelmente, ocasionando grandes perdas para apicultores e, conseqüentemente, da produção de alimentos.

ENXAMEAÇÕES

O instinto de preservação da espécie é apontado hoje como um dos grandes causadores das enxameações, o fenômeno natural de migração das abelhas. Considerado um grande problema para os produtores, este fator é responsável pela perda de 50% da renda nos apiários. De acordo com o pesquisador da USP e presidente da comissão científica do X Congresso Iberolatinoamericano de Apicultura, Lionel Segui, no Nordeste cerca de 50% das abelhas abandonam as colméias. “Quando a abelha sente que não está em situação propícia, como por exemplo, altas temperaturas ou falta de água, elas abandonam as colméias”, explica.

As pesquisas estão sendo desenvolvidas há um ano e meio no centro de Tecnologia da UFERSA, em Mossoró. São instalados aparelhos detectores para avaliar o comportamento destas abelhas e analisar as causas das enxameações. Este fenômeno pode acarretar a migração de todo o enxame, abandonando a colméia, ou de parte dos indivíduos juntamente com a rainha. As pesquisas também buscam aumentar a produtividade através do melhoramento genético e da seleção de rainhas.

DADOS ECONÔMICOS

Ø Segundos dados do IBGE o Rio Grande do Norte ocupa o 6º lugar no ranking de exportação de mel no Brasil.

Ø O município de Apodi, que fica a 328 kilômetros da capital potiguar, Natal, é hoje o maior produtor do estado e o 2º no ranking nacional.

Ø Nos últimos oito anos o SEBRAE capacitou 6200 apicultores

Ø Este trabalho fez a produção do estado saltar de 150 toneladas para 2.300 toneladas/ano

Ø Parte da produção do Rio Grande do Norte é hoje exportada para os Estados Unidos. No ano passado 1.951 toneladas foram vendidas para estados americanos

Ø O mel produzido no RN também é vendido para a Conab – Companhia Nacional do Abastecimento, Emater, além da venda porta em porta.

Ø Impacto na economia local: o evento tem um investimento de R$ 800.000,00 sendo mais de 95% deste montante aplicados em fornecedores locais; Estima-se que cerca de 2 milhões seja deixados aqui pelos turistas congressistas;

PROGRAMAÇÃO OFICIAL

DIA 11 DE OUTUBRO

14:00 AS 17H : Inscrições e entrega de material
ANFITEATRO
18:00 AS 19:00H – Cerimônia de abertura oficial do Congresso
19:00 AS 20:00 - Conferencia Abertura: A Apimondia e seu futuro.
Conferencista: Dr. Gilles Ratia – (FRANÇA)
Presidente da APIMONDIA

20:00 AS 20:30 – Intervalo
20:30 AS 22:00 – Parte Cultural

DIA 12 DE OUTUBRO

SALÃO MORTON I
7:OO-8:30 Entrega de material
8:30 – 10:00 Conferência - “Federação Iberolatinaamericana de Apicultura – FILAPI” e sua importância para o desenvolvimento da apicultura e da meliponicultura dos países iberolatinoamericanos.
Conferencista: Jose Luiz Herguedas de Miguel (Espanha)
10:00 – Abertura oficial da APIEXPO
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 – Mesa Redonda: Meios de comunicação na apicultura
• Federico Petrera - Argentina
• Constantino Zara Filho - Brasil
• Malcolm T. Sanford - USA
• Silvia Canas Lloria – Espanha
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: A rede nacional de Apicultura no Chile
Conferencista: Miguel Neira C. (Chile)
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 : Mesa Redonda: Apicultura Orgânica
• Paulo Levy . Brasil
• Afonso Odério N. Lima –Brasil
• Salvador Riolobos Rendon – Espanha
• Ricardo Camargo –Brasil
SALÃO MORTON II :
8:30 – 10:00 Conferência: A confirmar
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 – Simpósio: Melhoramento de abelhas e variáveis utilizadas na seleção
• Kátia Peres Gramacho -Brasil
• Maria Alejandra Palácio - Argentina
• Omar Arvey Martinez Carantón - Colombia
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Importância do georeferenciamento na exploração da apicultura e meliponicultura
Conferencista: Ricardo Lustosa (Brasil)
15:30-16:00 Intervalo
SALÃO MORTON III
8:30 – 10:00 Conferência: Legislação na meliponicultura
Conferencista: Paulo Nogueira Neto – (Brasil)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Simpósio: Controle de qualidade dos produtos apícolas com vistas a exportação.
• Salvador RioLobos Rendon- Espanha
• Lígia Bicudo Muradian - Brasil
• Tarciano Silva - Brasil
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Iniciativa Brasileira dos Polinizadores- Projeto FAO
Conferencista: Marina Landeiro - Brasil
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 Simpósio: Polinização por abelhas na agricultura.
• Afonso Orth - Brasil
• Breno Magalhães Freitas - Brasil
• Celso Feitosa Martins - Brasil
AUDITORIO LAVOISIER
8:30 – 10:00 Conferência: As abelhas e seus impactos nas propriedades rurais.
Conferencista: Vera Lucia Imperatriz Fonseca (BRASIL)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Mesa Redonda: Meliponicultura na América Latina.
• Guiomar Nates Parra - Colombia
• Marilda Cortopassi Laurino – Brasil
• Marcia Rego-Brasil
• David Roubik - Panama
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferencia: O Projeto Apis do SEBRAE e sua contribuição para o desenvolvimento da apicultura no Brasil.
Conferencista: Reginaldo Resende (Brasil)
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 Mesa Redonda: Desaparecimento de abelhas nos países iberolatinoamericanos.
• David de Jong -Brasil
• Martini J. Eguaras - Argentina
• Gilles Ratia – França
MINI CURSOS
SALA PONTA NEGRA - 18:00 as 20:30 horas.
• Técnicas de manejo de coleta, secagem e embalagem de pólen para a comercialização.
Ministrantes: Lidia Barreto - Brasil
José Vilani Oliveira Jr. - Brasil

SALA MARACAJAÚ - 18:00 as 20:30 horas.
• Boas práticas para produção de mel.
Ministrantes: Darcet Costa Souza - Brasil
Afonso Oderio N. Lima - Brasil

SALA BAIA FORMOSA - 18:00 as 20:30 horas.
• Técnicas de manejo de coleta de própolis com vistas a exportação.
Ministrantes: Mendelson Guerreiro de Lima - Brasil
Esther Margarida Ferreira Bastos - Brasil

SALA CAMURUPIM - 18:00 as 20:30 horas.
• Patologia apícola.
Ministrantes: Dejair Message - Brasil
Aroni Sattler - Brasil
Érica Weinstein Teixeira - Brasil

DIA 13 DE OUTUBRO

SALÃO MORTON I
8:30 – 10:00 Conferência: Novas ferramentas utilizadas na identificação e classificação das abelhas.
Conferencista: Tiago Mauricio Francoy - Brasil
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Mesa Redonda: Mel de meliponíneos: caracterização.
• Patrícia Vit - Venezuela.
• Bruno de Almeida Souza – Brasil
• Carlos Alfredo de Carvalho – Brasil
• Ligia Bicudo Muradian-Brasil
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Condições higiênico-sanitárias nas casas de mel e entrepostos no Brasil.
Conferencista: Darcet Costa Souza ( Brasil)
15:30-16:00 Intervalo
SALÃO MORTON II
8:30-10:00 Conferência: Retrospecto da apicultura brasileira e a contribuição da Confederação Brasileira de Apicultura para seu crescimento, profissionalização e consolidação.
Conferencista: Jose Gumercindo C. Cunha (Brasil)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Simpósio: Patologia Apícola.
• Dejair Message - Brasil.
• Jesus Llorente - Espanha
• Miguel Neira C. – Chile
• Geraldo Moretto –Brasil
• Martin J.Eguaras –Argentina
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: As tendências do mercado Internacional do mel e a contribuição da Apimodia no desenvolvimento da apicultura mundial.
Conferencista: Lucas Daniel Martinez (Argentina)
15:30-16:00 Intervalo
SALÃO MORTON III
08:30-10:00 Conferencia –Novas ferramentas para a polinização mediada por abelhas melíferas nos cultivos comerciais.
Conferencista: Walter Farina – (Argentina)
10:30-12:30 Simpósio: Usos de meliponíneos na polinização.
• Betina Blochtein – Brasil
• Blandina Felipe Viana - Brasil
• Michael Hrncir – Austria
• Giorgio Cristino Venturieri-Brasil
• Clemens Schlindwein-Brasil
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Existe competição entre as abelhas Apis melíferas e os Meliponineos nos distintos ecossistemas ocupados pelas abelhas?
Conferencista: David W. Roubik - (Panama)
15:30-16:00 Intervalo
AUDITORIO LAVOISIER
8:30-10:00 Conferência: Programa nacional de Seleção e melhoramento de abelhas na Argentina.
Conferencista: Maria Alejandra Palacio - (Argentina)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Simpósio: Defensivos agrícolas e plantas tóxicas.
• Osmar Malaspina -Brasil
• José Ewerton Alves -Brasil
• José Nunes Pinheiro –Brasil
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Estudo da cadeia produtiva em apicultura no Rio Grande do Norte.
Conferencista: José Ferreira de Melo Neto - (Brasil)
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 Assembléia da FILAPI

MINI CURSOS
SALA PONTA NEGRA - 18:00 as 20:30 horas.
• Criação de meliponíneos em larga escala.
Ministrantes: Murilo Drummond - Brasil
Paulo Menezes - Brasil

SALA MARACAJAÚ - 18:00 as 20:30 horas.
• Nutrição das abelhas.
Ministrantes: Michelle Manfrini Morais - Brasil
David de Jong - Brasil
Giorgio Cristino Venturieri - Brasil

SALA BAIA FORMOSA - 18:00 as 20:30 horas.
• Análise sensorial de mel.
Ministrantes: Jerônimo Villas Boas - Brasil
Patrícia Vit - Venezuela

SALA CAMURUPIM - 18:00 as 20:30 horas.
• Coleta e processamento de cera.
Ministrantes: Radamés Zovaro - Brasil
Rogerio A. Pereira - Brasil

DIA 14 DE OUTUBRO


SALÃO MORTON I
8:30-10:00 Conferência: Própolis: evolução das técnicas de coleta, propriedades e comercialização.
Conferencista: Ademilson E. E. Soares - (Brasil)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Simpósio: A tecnologia da informação na apicultura: monitoramento.
• Antonio Mauro Saraiva - Brasil
• Arturo Hatrick - Argentina
• Miguel dos Santos Alves Filho - Brasil
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Produção em série de rainhas de abelhas sem ferrão como subsídios a programas de polinização por meliponíneos.
Conferencista: Cristiano Menezes - (Brasil)
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 Simpósio: Nutrição das abelhas.
• Michelle Manfrini Morais-Brasil
• Marina Bazualdo-Argentina
• Giorgio Cristino Venturieri –Brasil
SALÃO MORTON II
8:30-10:00 Conferência: A contribuição do SEBRAE na Exploração da apicultura no semiárido brasileiro com ênfase no Rio Grande do Norte .
Conferencista: Valdemar Belchior Filho (Brasil)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Simpósio: Associativismo em Meliponicultura
Vera Lucia Imperatriz Fonseca-Brasil
Paulo Nogueira Neto -Brasil
Marilda Cortopassi Laurino-Brasil
Outros nomes a confirmar
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Rainhas e machos em abelhas sem ferrão: o que eles nos ensinam ?
Conferencista: Denise de Araujo Alves (Brasil)
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 Simpósio: Processamento e comercialização de mel de meliponineos.
• Carlos Alfredo de Carvalho -Brasil
• Murilo Sérgio Drummond-Brasil
• Paulo Menezes - Brasil
AUDITORIO LAVOISIER
8:30-10:00 Conferência: Enxameação de abelhas africanizadas, causas ,conseqüências e controle.
Conferencista: Lionel Segui Gonçalves (Brasil)
10:00-10:30 Intervalo
10:30-12:30 Simpósio: Avanços na mecanização apícola.
David de Jong -Brasil·
Enrique Luciano· Bedascarrasbure - Argentina
José Luiz Herguedas de Miguel· –Espanha
12:30-14:00 Intervalo
14:00-15:30 Conferência: Seguros agrários na apicultura na presencia de diferentes riscos: seca, inundação, chuva torrencial, incêndio, furacão e golpes de calor.
Conferencista: Jesus Llorente Martinez (Espanha)
15:30-16:00 Intervalo
16:00-18:00 Simpósio: Produção e comercialização de produtos das abelhas para a saúde humana.
• Célio H. M. da Silva – Brasil
• Esther Margarida Ferreira Bastos -Brasil
• Ligia Bicudo de A. Muradian –Brasil
ANFITEATRO

19:00 - SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO CONGRESSO
SALA GENIPABU

De 12 a 14 de outubro - Exposição de pôster (horário a ser informado)
PAVILHÃO DUNAS

De 12 a 14 de outubro - ApiEXPO :10:00 as 21:00 horas

As informações são da assessoria de imprensa do evento.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink