NE teve maior crescimento anual
CI
Agronegócio

NE teve maior crescimento anual

Por:
O rebanho de bovinos aumentou 1,6% entre 2010 e 2011 no Brasil, chegando a 212,8 milhões de cabeças no ano passado. A informação foi divulgada na quinta-feira (18), pelo IBGE, por meio da Pesquisa de Produção Pecuária Municipal. A região Nordeste foi a que apresentou o maior crescimento, de 2,9% no período, seguida por Sudeste (2,8%) e Norte (2,7%).


O número de bovinos registrado pelo IBGE foi o mesmo de igual período do ano anterior nas regiões Sul e Centro-Oeste, sendo que esta se manteve como detentora do maior rebanho do país, com 34,1% do total. A região Norte, dona do segundo maior rebanho, concentrava 20,3% do total.


Entre os estados, o Mato Grosso tinha 13,8% do total de bois, seguido por Minas Gerais (11,2%), Goiás (10,2%) e Mato Grosso do Sul (10,1%). Quanto aos municípios, o maior rebanho é de São Felix do Xingu (PA), com 1% do total nacional, enquanto a segunda e terceira colocações, respectivamente, foram de Corumbá e Ribas do Rio Pardo, ambos em Mato Grosso do Sul.


Quanto aos bubalinos, os acréscimos foram de 7,8% sobre 2010, totalizando 1,3 milhão de cabeças. Os búfalos concentravam-se nas regiões Norte e Nordeste do país, sendo os maiores efetivos registrados no Pará (38%), Amapá (18,4%) e Maranhão (6,5%).

Houve aumento também no rebanho de suínos no período, de 0,9%, atingindo 39,3 milhões de cabeças. O estado com o maior número de animais é o de Santa Catarina, com 20,3% do total. Ao todo, as três unidades da federação no Sul do País concentram 48,6% do rebanho do país.


O número de ovinos teve elevação de 1,6%, assim como o de coelhos (3,6%), enquanto o de caprinos manteve-se estável. Apresentaram reduções os rebanhos de cavalos (0,1%), jumentos, jegues, burros e mulas (0,7%).

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink