Negociações fracassam e greve segue na Argentina
CI
Imagem: Arquivo Agrolink
MILHO

Negociações fracassam e greve segue na Argentina

Do sindicato indicaram que estão abertos ao diálogo
Por: -Leonardo Gottems

A greve dos caminhoneiros na argentina deve continuar ainda por alguns dias, já que a mesa de negociações que ocorreu ontem não conseguiu chegar a um acordo, segundo informações divulgadas pelo portal local agrofy.com.ar. As entidades agrícolas, o Governo e o sindicato dos transportadores não conseguiram chegar a acordo sobre um aumento da taxa.

“A reunião falhou”, assim definiu o sindicato a reunião que começou esta manhã no âmbito da Mesa de Negociação Participativa. Diante desse cenário , o desemprego segue firme. "A decisão é continuar com a medida", disse Edgardo Aniceto, assessor de imprensa da Federação de Transportadores Argentinos na Rádio 2. Nesse sentido, esclareceu que o governo não reconhece o preço real pago pelo diesel e assegurou: "Nós não tivemos uma resposta satisfatória."

Do sindicato indicaram que estão abertos ao diálogo. Ao mesmo tempo, confirmaram que não havia data marcada para uma nova mesa de negociações. "As entidades agrícolas negam o preço real do diesel que as transportadoras estão pagando e ofereceram um aumento que não cobre os custos da atividade", disse o sindicato em comunicado. "A reclamação continua", concluíram.

A greve se deu em protesto pela falta de atualização da tabela de fretes diante do aumento do preço do combustível, e também pela falta de abastecimento no período de início de colheita. "Torna-se impossível seguir trabalhando em condições razoáveis", diz o texto emitido pela organização sobre a greve. A paralisação da Fetra diz respeito a falta de resposta ao pedido de abertura de negociações sobre a atualização da tabela nacional de fretes de grãos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.