New Holland aumenta sua participação na Agrishow

Agronegócio

New Holland aumenta sua participação na Agrishow

Marca aumenta expressivamente a área de seu estande
Por: -Janice
2446 acessos
Marca de equipamentos para infraestrutura e construção do Grupo Fiat investe pesado e aumenta expressivamente a área de seu estande, onde prevê bons negócios e vai estar representada pela concessionária Shark e mais três outros distribuidores que estréiam na feira: Bamaq, Emblema e Mecânica Ricci

Atenta ao crescimento do mercado de equipamentos de construção no agronegócio, a New Holland quer fazer deste ano a sua melhor participação na Agrishow. Além de seu distribuidor no Sul do Brasil e em São Paulo – a Shark, que tem filial em Ribeirão Preto – outros três concessionários vão estar oficialmente presentes no estande da marca: a Bamaq, que responde pelos mercados de Minas Gerais, Bahia, Ceará e Piauí; a Emblema, de Araçatuba (SP) e região e a Mecânica Ricci, que além de cobrir a região de Presidente Prudente (SP) atua no Mato Grosso do Sul.

“Investimos quase meio milhão de reais nesse ano, quantia bem superior aos anos anteriores. Nossa área de estande de 300 passou para 1.200 metros quadrados. A Agrishow se tornou um evento fundamental para nossos planos no segmento agrícola, onde somos bastante atuantes em todo o Brasil, particularmente nas usinas de cana”, afirma o diretor comercial e de marketing da New Holland na América Latina, Marco Borba.

Será a quarta vez que a linha de construção da New Holland estará na Agrishow. De acordo com o diretor da concessionária Shark, Vicente Cracasso, a feira já provou ser um espaço para negócios, tanto para clientes do agronegócio como de outros segmentos, como locação e governos.

“No ano passado comercializamos mais de 40 máquinas, número que consideramos excelente para um evento com essa finalidade. A tendência em 2011 é elevarmos as vendas e ultrapassarmos 50 equipamentos”, diz. Como o valor médio de um equipamento é R$ 300 mil, a Shark projeta vendas de R$ 15 milhões no evento.
 
Segundo Cracasso, a Shark continuará adotando uma estratégia de preços especiais para a Agrishow, com o intuito de incentivar a visita de muitos clientes. “Teremos ofertas especiais que usualmente não praticamos para movimentar o estande e os negócios”, comenta.

Apesar de ser uma feira agrícola, a Agrishow recebe empresários, prefeitos, secretários e muitos outros visitantes que têm ligação com máquinas de construção. E entre estes visitantes muitos profissionais do setor sucroalcoleiro, que consome dezenas de pás-carregadeiras para movimentação de bagaços nas usinas e na infraestrutura das plantações.

Mas não apenas a pá-carregadeira tem grande emprego no campo. A escavadeira, por exemplo, pode abrir valas e realizar outras obras nas lavouras. A motoniveladora regulariza acessos e estradas nas propriedades rurais. E a minicarregadeira, por sua vez, é capaz de executar dezenas de atividades numa propriedade agrícola, desde movimentação de silos e fenos até limpeza de currais.

Para a edição deste ano, todos esses produtos estão expostos: as pás-carregadeiras W130 e W170B, miniescavadeira E50B, a motoniveladora RG170B, as novas retroescavadeiras B90B e B95B, os tratores de esteira D140B e D150B e o manipulador telescópico M428.

As informações são da assessoria de imprensa da New Holland.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink