Nim auxilia como repelente natural
CI
Agronegócio

Nim auxilia como repelente natural

Eficaz para repelir insetos, o nim é uma planta que revela grande potencial comercial
Por:
Eficaz para repelir insetos, o nim é uma planta que revela grande potencial comercial

Planta originada da Índia, trazida para o Brasil em 1992, o Nim é uma árvore de crescimento rápido, que em poucos anos atinge mais de 10 metros de altura e produz seus primeiros frutos entre 3 e 5 anos depois do plantio. Sendo que se desenvolve bem em regiões semiáridas, por ser resistentes à seca e suportar temperaturas elevadas, adaptando-se facilmente a diferentes tipos de solos. As substâncias encontradas no Nim funcionam como repelentes e, quando aplicadas diretamente no inseto, podem matar ou provocar alterações genéticas. Insetos atingidos pelo Nim, ao se reproduzirem, geram insetos com o corpo defeituoso, de menor tamanho, com baixa capacidade de alimentação e de reprodução, diminuído assim a produção da praga. 

Mais recentemente, ficou constatado que produtos à base de Nim têm se mostrado uma alternativa de baixo custo para proporcionar melhor desenvolvimento do sistema radicular e da parte aérea das plantas, acelerando o seu processo de desenvolvimento, promovendo melhor aspecto fitossanitário. O que tem desperta grande interesse da classe científica, inclusive na produção de mudas. A principal substância ativa do Nim é a azadirachtina, sendo que outros triterpenoides, geduninas, nimbin e liminoides atuam em conjunto na ação inseticida. 

A pós-doutora em química orgânica e professora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva, aponta que cerca de 400 espécies de insetos foram relatadas em pesquisas como sensíveis a algum tipo de ação do Nim. Segundo ela, além desse tipo de ação, a planta tem efeitos sobre outros organismos, como nematóides, fungos, vírus e protozoários. Segundo a pesquisadora, o produto, que atua como bioinseticida, se revela praticamente inócuo ao ambiente e ao homem. 

Na produção de mudas de praticamente todas as espécies (frutíferas, hortaliças, reflorestamento etc), o Nim tem se mostrado uma alternativa importante e de baixo custo para proporcionar melhor desenvolvimento do sistema radicular e da parte aérea das plantas, acelerando o seu processo de desenvolvimento e promovendo melhor aspecto fitossanitário. Em média, a utilização do pó de Nim na proporção de 1% a 5% no substrato é suficiente para auxiliar na proteção contra fungos do solo e insetos subterrâneos, favorecendo o desenvolvimento das raízes e o combate de pragas como o fusarium.

Diversas pesquisas têm demonstrado ainda que a adição ao solo de produtos derivados do Nim (Azadirachta indica Juss) tais como folhas, óleo e torta reduzem a incidência de fitonematóides e de alguns fungos fitopatogênicos. A busca por métodos alternativos de manejo das doenças vem aumentando nos últimos anos, em decorrência dos efeitos nocivos que os defensivos agrícolas provocam ao meio ambiente e à saúde humana e os produtos à base de Nim podem se tornar um poderoso aliado na busca por uma agricultura limpa e sadia.

Dessa forma, o Nim pode trazer grandes benefícios para os agricultores, já que suas folhas e sementes podem ser usadas na defesa natural contra muitas pragas e doenças de plantas e também de animais. Além de controlar lagartas, gafanhoto, besouros, pulgões, ácaros, mosca branca, bicudo do algodoeiro e pragas de grãos armazenados. No tratamento de animais é usado como carrapaticida e como vermífugo. Não é tóxico ao ser humano, mamíferos em geral, pássaros e peixes.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.