No PR a uva foi campeã em contaminação

Agronegócio

No PR a uva foi campeã em contaminação

No Paraná, as amostras dos 17 produtos pesquisados foram colhidas em supermercados de Curitiba no ano passado
Por:
425 acessos

Além da alta concentração de agrotóxico, todos os produtos pesquisados pela Anvisa apresentaram também uso de veneno não permitido pela legislação. ""Tem também casos de produtores que usam o agrotóxico permitido, mas não respeitam o período de carência entre a aplicação e a colheita"", explica Eliana da Silva Scucato, engenheira agrônoma da Vigilância Sanitária da Secretaria Estadual de Saúde. Ela integra o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (Para), da Anvisa.

No Paraná, ela explica que as amostras dos 17 produtos pesquisados foram colhidas em supermercados de Curitiba no ano passado. Apesar de o pimentão ter sido o primeiro da lista em nível nacional (com 64,36% das amostras com irregularidades), no Paraná o índice foi de 42,9%. Já a uva que apresentou 32,67% no geral, registrou 71,4% no Estado. O resultado do trabalho, que está no oitavo ano, é repassado para órgãos como Emater, Secretaria Estadual de Agricultura e Ministério Público para que sejam tomadas providências.

Na avaliação da agrônoma, o resultado da pesquisa demonstra falta de boas práticas agrícolas e assistência técnica, além de desrespeito à legislação. Eliana informa que o uso de agrotóxico só pode ser feito com receita emitida por um engenheiro agrônomo autorizado, obedecendo a dosagem e o período de carência entre a aplicação e a colheita.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink