No Rio de Janeiro, melhora dos pastos aumenta ritmo no mercado de reposição
CI
Agronegócio

No Rio de Janeiro, melhora dos pastos aumenta ritmo no mercado de reposição

Expressiva alta no último ano faz com que a procura seja moderada, o que limita as valorizações
Por:

A procura pelas categorias de reposição mais eradas teve melhora no Rio de Janeiro, fazendo com que os preços do garrote (9,5@) e do boi magro (12,0@) subissem 1,4% e 0,6% nos últimos sete dias, respectivamente.

Isso porque a melhora dos pastos devido às chuvas vem aumentando a capacidade de suporte e dando condições para que os pecuaristas reponham os animais.

No entanto, a expressiva alta no último ano faz com que a procura seja moderada, o que limita as valorizações.

Para os animais jovens a movimentação do mercado está menor, o que fez com que houvesse recuo dos preços dos bezerros desmamado (6,0@) e de ano (7,5@) na última semana, de 0,5% e 0,4%, nesta ordem.

Mesmo assim os preços de todas as categorias de machos anelorados seguem elevados na comparação com novembro de 2014, 18,0%, em média.

No mesmo período a cotação média da arroba do boi gordo subiu 11,7%, menos que a dos animais de reposição, gerando prejuízo na relação de troca.

Hoje o pecuarista é capaz de adquirir 2,01 bezerros de ano com o valor da venda de um boi gordo, de 16,5@. Na mesma época de 2014 a relação de troca estava em 2,22.

A tendência é de que as cotações permaneçam firmes em curto prazo, favorecidas pela melhora dos pastos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.