Nos EUA, área de soja deve recuar e a de milho crescer

Agronegócio

Nos EUA, área de soja deve recuar e a de milho crescer

No caso da soja, a área plantada foi estimada em 29,9 milhões de hectares, 1,7% menos que em 2004/05
Por:
1 acessos
Independentemente dos movimentos dos fundos de investimentos nos mercados internacionais de commodities agrícolas, relatório divulgado ontem (dia 31) pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sobre intenções de plantio naquele país em 2005/06 trouxe mudanças que tendem a influenciar as cotações externas de soja, milho, trigo e algodão nos próximos meses. O órgão também divulgou relatório de estoques de grãos nos EUA, outro indicador acompanhado de perto pelo mercado.


No caso da soja, a área plantada foi estimada em 29,9 milhões de hectares, 1,7% menos que em 2004/05, que rendeu aos americanos uma safra recorde de 85 milhões de toneladas. "Muitos crêem que a redução de área pode chegar a 5%, por conta da incidência do fungo da ferrugem nos EUA e de sua política de subsídios, mais favorável a outras culturas. Mas, mesmo com a área estimada pelo USDA, e levando-se em conta a produtividade média americana dos últimos cinco anos, a produção do país será menor, de cerca de 76 milhões de toneladas", disse Renato Sayeg, da Tetras Corretora

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink