Nova alta em São Paulo faz preço do frango vivo igualar-se ao de Minas Gerais

Frango

Nova alta em São Paulo faz preço do frango vivo igualar-se ao de Minas Gerais

Frango vivo negociado no interior paulista obteve mais um reajuste de cinco centavos
Por:
60 acessos

Depois de superar, na terça-feira (19), recorde atingido pela primeira vez em 2016, ontem (20) o frango vivo negociado no interior paulista obteve mais um reajuste de cinco centavos, sendo negociado por R$3,35/kg, novo recorde do setor. Foi o terceiro reajuste da semana e o sétimo em menos de duas semanas de transações.

Como, em Minas Gerais, o mercado, mesmo extremamente firme, não acompanhou São Paulo, seu preço permaneceu inalterado em R$3,35/kg. Assim, pela primeira vez em quase dois meses, as duas praças operaram sob a mesma cotação.

Uma vez que, 30 dias atrás, São Paulo operava com uma diferença de 10 centavos a menos que Minas Gerais, seu ganho mensal no momento está próximo de 12%, enquanto em Minas o incremento se encontra em 8%. Mas, em relação aos preços vigentes há um ano, na mesma data, a situação se inverte: o diferencial mineiro já está próximo de 60%, enquanto o paulista não chega a 40%. Curiosamente, porém, os valores médios registrados nos últimos 365 dias são muito similares, apresentando diferença de apenas três centavos: R$2,88/kg em São Paulo; R$2,91/kg em Minas Gerais.

Por falar em média: ainda que os ajustes ocorridos a partir do último dia 7 correspondam a um aumento de R$0,35/kg, o valor médio do frango vivo registrado em São Paulo nos dois primeiros decêndios de março se encontra em R$3,13/kg. Ou seja: está ainda aquém dos R$3,19/kg alcançados em setembro e outubro do ano passado.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink