Novo herbicida controla capim-amargoso na soja

ALTERNATIVA

Novo herbicida controla capim-amargoso na soja

Nufarm registrou o produto também para outras 13 culturas
Por: -Leonardo Gottems
14859 acessos

Já está disponível no Brasil o herbicida Kraken 240 EC (Clethodim), que é indicado para o manejo de plantas daninhas de folhas estreitas em 14 cultivos. Na sojicultura, afirma a fabricante Nufarm, o produto é recomendado por sua ação eficaz em programas de controle do capim-amargoso resistente ao glifosato. 

De acordo com a Nufarm, o Kraken 240 EC é um herbicida de ação graminicida, sistêmico, altamente seletivo. É composto pelo ingrediente ativo Clethodim na concentração 240 gramas por litro.

“Com a introdução de Kraken 240 EC, o portfólio da Nufarm para o capim-amargoso se fortalece como um dos mais competitivos do mercado. Trata-se de uma linha formada por tecnologias de ponta, desenvolvida com objetivo de transferir uma relação custo-benefício favorável ao produtor brasileiro”, ressalta o engenheiro agrônomo Mario Drehmer, que é gerente de herbicidas da empresa australiana. 

Ele ressalta que o capim-amargoso (Digitaria insularis) é altamente agressivo e emerge durante todo o ano em função das condições climáticas brasileiras. “Com a recente descoberta de ervas resistentes ao herbicida glifosato, os problemas envolvendo o capim-amargoso se agravaram, ao passo que seu controle é fundamental para a produtividade da sojicultura”, resume Drehmer.

Segundo Drehmer conta que o novo herbicida também mostrou, nos testes a campo, desempenho superior no manejo de azevém em dessecação pré-plantio de milho e trigo. A Nufarm registrou o produto também para as culturas de algodão, alho, batata, café, cebola, cenoura, feijão, fumo, mandioca, melancia e tomate.

O diretor executivo de marketing da empresa australiana, engenheiro agrônomo Fernando Manzeppi, acrescenta que o “Kraken 240 EC marca o quarto lançamento da companhia este ano. Novas e importantes tecnologias com a nossa marca estão previstas para chegar ao mercado até o final de 2018”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink