Novo método avalia o perigo de chumbo no solo
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
ESTUDO

Novo método avalia o perigo de chumbo no solo

Estudo foi feito por pesquisadores da University of Wisconsin-Madison
Por: -Leonardo Gottems

Os danos ao sistema nervoso causados pelo chumbo são irreversíveis e intoleráveis, portanto, prevenir a exposição é a única defesa real. Nem todos os compostos de chumbo são criados iguais, em termos de quão facilmente eles saem do solo, tanto dentro quanto fora do laboratório. No entanto, os testes padrão de chumbo no solo não fornecem um quadro completo da biodisponibilidade. 

Em um estudo publicado em 12 de outubro na  Environmental Science and Technology, pesquisadores da University of Wisconsin-Madison descrevem uma maneira de usar um teste comum de solo de baixo custo para determinar quanto chumbo é bioacessível e, portanto, perigoso. Um segundo fator para determinar o perigo do chumbo no solo, chamado de biodisponibilidade, mede a facilidade com que ele pode passar do trato gastrointestinal para a corrente sanguínea. 

Embora a terminologia seja confusa, Douglas Soldat, um importante especialista e professor de ciência do solo na Universidade de Wisconsin-Madison, diz que eles tendem a estar relacionados: um composto de chumbo bioacessível geralmente também está biodisponível. Por ser o chumbo extremamente tóxico, a sua imobilização no solo e a redução da sua absorção pelo trato gastrointestinal traz benefícios para a saúde pública. 

O teste descrito por Soldat e seu ex-aluno de graduação Shannon Plunkett concentra-se no fosfato de chumbo, que é um solo relativamente insolúvel. O carbonato de chumbo, um pigmento historicamente usado em tintas, adere com menos força e, portanto, é mais móvel no solo. “Se nosso objetivo é manter o chumbo fora do corpo, as formas menos solúveis são mais desejáveis”, diz Soldat. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.