Novo preço mínimo para o café

Agronegócio

Novo preço mínimo para o café

Por:
193 acessos

Um ponto extremamente relevante à cafeicultura que parecerá ter desfecho positivo é a correção do preço mínimo para a saca de café arábica, atualmente estipulado em R$ 211,75. Segundo apurou o Blog do Café, um trabalho incessante — a pedido do ministro Reinhold Stephanes — realizado pelo secretário de Produção e Agroenergia do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Manoel Bertone, em conjunto com o diretor de programa e virtual secretário-executivo, Gerardo Fontelles, e com técnicos do Ministério da Fazenda, deve estipular o preço mínimo do café em R$ 282,00.

O fato positivo nessa questão é que, ao se reajustar o preço, o cafeicultor poderá fazer a conversão de sua dívida financeira — tão logo sancionada pela Presidência da República — pela saca de café a R$ 282,00 e não mais a R$ 211,75.

E mais: geralmente, os Leilões de Opções Públicas de Venda de Café estipulam o preço de referência para a saca com um percentual sobre o preço mínimo vigente. Assim sendo, premeditando que se estipule 10% sobre o preço mínimo — e que este já esteja em R$ 282,00 —, o produtor que participar dos leilões terá a garantia de R$ 310,20 por sua saca de café.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink