O desafio da produção com preservação
CI
Agronegócio

O desafio da produção com preservação

Dia do Engenheiro Florestal debate o desenvolvimento sustentável
Por: -Janice
Dia do Engenheiro Florestal debate o desenvolvimento sustentável         

A sustentabilidade é uma preocupação crescente em todos os países, e está hoje incorporada nos planos e ações dos mais diversos segmentos. Nos últimos anos, os sistemas agroflorestais (SAF´s) têm sido apresentados como uma solução viável e sustentável para a agropecuária. Estes sistemas são formas de cultivos em que se associam, numa mesma área, florestas com cultivos agrícolas e/ou com animais, de maneira simultânea ou de forma alternada.O desafio entre produção e preservação tem sido um debate intenso, mas que ainda tem um longo caminho a percorrer.

Para o ex-presidente da Sociedade Brasileira de Engenheiros Florestais (SBEF), Eng.º.Florestal Glauber Pinheiro é possível realizar uma agricultura sustentável, aliando preservação ambiental e agropecuária rentável. Contudo, o modelo de cultivo adotado no Brasil, em geral, não é o mais correto. “O país temuma vocação florestal muito grande. É possível produzir uma série de alimentos consorciados com floresta, até mesmo espécies que são cultivadas em larga escala, sem ser necessário derrubá-la”, diz.

Um dos problemas segundo ele está no fato de que muitos produtores não consultam um profissional e tomam decisões por conta própria, pensando fazeruma economia, o que na prática é justamente o contrário. “Quando eles contratam um profissional, está realizando um investimento”, adverte Pinheiro.

Quando criada, há mais de 50 anos, a profissão foi idealizada com a visão de conciliar desenvolvimento com sustentabilidade. “A Engenharia Florestal veio para suprir essa demanda e garantindo a preservação ambiental. Essa é a nossa principal razão de existir”, afirma.

Com seus desafios e suas vitórias, comemora-se nesta quinta-feira, dia 12 de julho, o Dia do Engenheiro Florestal, profissão que, com uma faixa de 16 a 17 mil profissionais no Brasil, evoluiu muito na parte técnica, mas ainda tem alguns problemas referentes ao mercado de trabalho, voltados à competência profissional. “O que acontece é que várias outras profissões querem abocanhar parte do mercado, até porque é um mercado que está crescendo; As pessoas estão dando cada vez mais importância para os ecossistemas florestais”, pontua o ex-presidente da Sociedade Brasileira de Engenheiros Florestais (SBEF).

Glauber Pinheiro enaltece a Engenharia Florestal Brasileira e parabeniza todos os profissionais pela passagem da data e pela escolha da profissão, que tem muito a contribuir com a sociedade. “A mensagem que deixo aos colegas, é que participem de suas entidades declasse, e ajudem a fortalecer a luta pelos direitos dos Engenheiros Florestais”.

Saiba Mais:

12 de Julho foi escolhido como o Dia do Engenheiro Florestal em homenagem a São João Gualberto, o Santo que se dedicou à restauração e ao aproveitamento racional da floresta, sua proteção e sua preservação, sendo seu lema: "Conservar e saber usar".

O Portal Agrolink parabeniza todos os profissionais de Engenharia Florestal!

Confira em vídeo a declaração do deputado federal Luiz Carlos Heinze para o dia dos Engenheiros Florestais

*Colaboração de Lucas Amaral

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink