OCDE: aves irão liderar produção de carnes em 2021
CI
Agronegócio

OCDE: aves irão liderar produção de carnes em 2021

Nessa produção, a carne bovina (em contínuo retrocesso) terá participação de 23%, índice 11% menor que o registrado em 2001
Por:
Pelas últimas previsões da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (instituição que congrega países ricos e é mais conhecida pela sigla OCDE), em 2021 o mundo estará produzindo perto de 330 milhões de toneladas de carnes bovina, suína e avícola (neste caso, preponderantemente frango), volume quase 50% maior que o registrado em 2001 e perto de 20% superior ao estimado para o ano passado, 2011.


Nessa produção, a carne bovina (em contínuo retrocesso) terá participação de 23%, índice 11% menor que o registrado em 2001. O retrocesso alcançará também a carne suína, cuja participação, de 38%, será quase 7,5% menor que a alcançada no início deste século.


Em resumo, pois, só a carne avícola registrará aumento de participação. E o índice de incremento estimado pela OCDE é de 18%, o que também levará a carne avícola à liderança da produção mundial – desempenho que pode ser alcançado ainda no final desta década.


Detalhe que não pode ser ignorado: enquanto entre 2001 e 2011 a produção de carnes se expandiu a uma média da ordem de 3,5% ao ano, no mesmo período seguinte (2011/2021) o incremento não deve passar de 2% ao ano.




Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink