Oferta de boiadas em baixa e exportações em alta

Imagem: Marcel Oliveira

Boi

Oferta de boiadas em baixa e exportações em alta

O boi gordo ficou cotado em R$207,00/@, bruto e à vista, R$206,50/@
Por:
172 acessos

Passado o feriado e o recebimento dos salários que impulsionaram as vendas de carne bovina, a atenção agora está voltada para o comportamento do consumo doméstico frente à retração econômica se acentuando. No entanto, as escalas de abates curtas, por causa da pouca oferta de boiadas, associada ao bom desempenho da exportação, têm fortalecido o mercado do boi gordo.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, na última terça-feira (16/6), o boi gordo ficou cotado em R$207,00/@, bruto e à vista, R$206,50/@, livre de Senar, também à vista, e em R$204,00/@, descontados os impostos (Senar e Funrural) e à vista. Houve alta de 1% ou R$2,00/@ na comparação feita dia a dia. Para os bovinos de até quatro dentes, destinados ao mercado chinês, os negócios ocorreram em até R$215,00/@.

Com relação as exportações, os embarques de carne bovina in natura ganharam força. Nas duas primeiras semanas de junho, o volume exportado foi de 64,5 mil toneladas. Esse número traduz uma expansão do desempenho de 30,9% em média no embarque diário, frente à primeira semana do mês. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o volume diário está 18,9% maior.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink