Oferta interna de carne de frango aumentou quase 2% no 1º semestre
CI
Agronegócio

Oferta interna de carne de frango aumentou quase 2% no 1º semestre

Efetivamente, as novas estimativas correspondem mais de perto às condições do mercado interno observadas, extremamente fracas no período
Por:
Com a adoção, pela APINCO, de novos números de produção para o segundo trimestre de 2012 (acompanhando a observação,do IBGE, de que os frangos abatidos no período atingiram peso unitário recorde), mudam também os resultados referentes à oferta interna que, em vez de recuar, como vinha sendo originalmente estimado, agora registra alta de próxima de 2%.


Efetivamente, as novas estimativas correspondem mais de perto às condições do mercado interno observadas, extremamente fracas no período. Tanto é que o frango vivo fechou o semestre com um preço médio 6% inferior ao do mesmo período de 2001.

É preciso convir, no entanto, que a expansão relatada, inferior a 2%, não foi tão significativa a ponto de deprimir o mercado por todo o primeiro semestre. O que, de fato ocorreu?

O que não se pode esquecer é que, por conta de um aumento significativo da produção no final de 2011, formaram-se grandes estoques de passagem para o ano seguinte, 2012, absorvidos no decorrer do primeiro semestre. Ou seja: difícil de ser mensurada, a oferta interna dos seis primeiros meses deste ano esteve muito acima do que aponta a relação produção/exportação de carne de frango.





Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink