Oferta reduzida deve sustentar preço da laranja em setembro
CI
Imagem: Marcel Oliveira
CITROS

Oferta reduzida deve sustentar preço da laranja em setembro

Os preços de todas as variedades de laranja negociadas no mercado in natura encerraram agosto em patamares elevados
Por: -Aline Merladete

Os preços de todas as variedades de laranja negociadas no mercado in natura encerraram agosto em patamares elevados, impulsionados pela baixa disponibilidade, principalmente de frutas com maior qualidade e calibre adequado. Segundo colaboradores do Cepea, o clima é um dos principais responsáveis pelo atual cenário, visto que as chuvas estão abaixo da média há muitos meses, e geadas foram registradas em algumas regiões em julho. Além da safra pequena em 2021/22, a aquecida demanda industrial reforçou o movimento de alta dos valores.

De acordo com o boletim informativo do Cepea, em agosto, o preço médio da laranja pera comercializada no mercado de mesa foi de R$ 39,67/cx de 40,8 kg, na árvore, avanço de 14,2% em relação ao de julho e quase 10 Reais/cx acima do verificado em agosto/20, em termos nominais. Para setembro, agentes consultados pelo Cepea acreditam que as cotações devem seguir firmes, fundamentados na continuidade da oferta restrita. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.