Oferta restrita e mercado do boi gordo firme
CI
Imagem: Marcel Oliveira
Boi

Oferta restrita e mercado do boi gordo firme

Variações positivas na cotação do boi gordo refletem um cenário de pouca disponibilidade de boiadas prontas para o abate
Por:

As recentes variações positivas na cotação do boi gordo refletem um cenário de pouca disponibilidade de boiadas prontas para o abate, apesar dos ajustes na taxa de lotação em função da menor capacidade de suporte das pastagens. Em Goiânia-GO, com dificuldades em compor as escalas de abate, as indústrias saíram às compras ofertando preços maiores na última quinta-feira (28/5).

Segundo levantamento da Scot Consultoria, o boi gordo ficou cotado em R$186,00/@, a prazo, bruto, R$183,00/@, livre de Funrural, pagamento em 30 dias, e em R$182,50/@, livre de impostos (Senar + Funrural), também a prazo. Alta de R$1,00/@ ou 0,5% na comparação dia a dia.

Apesar de mais um adiamento no período de quarentena em São Paulo, as medidas restritivas serão flexibilizadas em regiões do estado, com a retomada de parte das atividades consideradas não essenciais a partir da próxima semana. A expectativa incide sobre o reflexo no consumo de carne bovina, contudo, o quadro de crise econômica estabelece limites a esse avanço.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.