Olericultura será tema de Dia de Campo em São Sebastião do Caí

Agronegócio

Olericultura será tema de Dia de Campo em São Sebastião do Caí

O evento ocorre na propriedade dos agricultores Simone e Paulo Rauber, da localidade de Vigia, em São Sebastião do Caí.
Por:
2267 acessos

A Câmara Regional de Olericultura, com o apoio da Emater/RS-Ascar, Universidade de Caxias do Sul (UCS) e Cooperativa Piá, programa para a próxima sexta-feira (21/10), um Dia de Campo com diversos temas relacionados à produção olerícola. Com início previsto para às 13h30, o evento ocorre na propriedade dos agricultores Simone e Paulo Rauber, da localidade de Vigia, em São Sebastião do Caí.

Na ocasião, serão quatro estações de trabalho, com temas relacionados ao planejamento da unidade de produção familiar (UPF) olerícola, com vistas à redução da carga de contaminantes; controle integrado da mosca branca; principais estratégias de manejo para as doenças na cultura do pimentão e importância nutricional das olerícolas, do ponto de vista da segurança e da soberania alimentar para quem produz e consome.

A atividade objetiva, de acordo com o assistente técnico regional em Sistema de Produção Vegetal da Emater/RS-Ascar, Lauro Bernardi, responder aos principais gargalos relacionados à produção olerícola e que são fruto de uma pesquisa realizada em 80 propriedades rurais do Vale do Caí. "São temáticas relacionadas à realidade das famílias produtoras de olerícolas, buscando alcançar a superação de eventuais problemas, qualificando a ação técnica de Extensão Rural junto a este público", observa.

Futuramente, outras atividades serão promovidas por meio de articulação da Câmara Regional de Olericultura. Entre elas está o Primeiro Encontro Regional da Olericultura do Vale do Caí, que será realizado no Centro de Eventos do Parque Municipal de Bom Princípio. A programação inicia às 08h30, com diversas palestras e paineis. Mais informações sobre as atividades podem ser obtidas nos escritórios da Emater/RS-Ascar dos municípios envolvidos.

Programação:

Estação 1 - Planejamento sistêmico da UPF olerícola com vistas à redução da carga de contaminantes - manejo de solo, equilíbrio da fertilidade, seleção das cultivares e estratégias de manejo integrado (a cargo da UCS e da Emater/RS-Ascar);

Estação 2 - Mosca branca - ciclo e estratégias de controle integrado com associação de mecanismos para evitar resistência (a cargo da Emater/RS-Ascar);

Estação 3 - Doenças na cultura do pimentão, principais estratégias de manejo (a cargo da Cooperativa Piá);

Estação 4 - Importância nutricional das olerícolas como estratégia de segurança e soberania alimentar para quem produz e consome e também enquanto ferramenta de vendas das famílias envolvidas (a cargo da Emater/RS-Ascar).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink