Olivicultura é tema de Reunião Técnica e Encontro Estadual em Pelotas nesta quarta e quinta-feira

Olivicultura

Olivicultura é tema de Reunião Técnica e Encontro Estadual em Pelotas nesta quarta e quinta-feira

Olivicultura se consolidou como uma alternativa para diversificação da matriz produtiva agrícola da região
Por:
54 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente

A Olivicultura se consolidou como uma alternativa para diversificação da matriz produtiva agrícola da região e estará discutindo e apresentando soluções tecnológicas sobre a cultura, nesta quarta e quinta-feira (28 e 29/11), quando acontece a 3ª Reunião Técnica Nacional e o 3º Encontro Estadual de Olivicultura, nas dependências da sede da Embrapa Clima Temperado, em Pelotas. Nos eventos serão discutidas questões mercadológicas, manejo fitotécnico e fitossanitário, colheita e avaliação química, física e sensorial de azeites e a produção integrada de oliveiras, com a presença de mais de 200 participantes a cada dia da programação.

A cerimônia de abertura oficial do evento acontece nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, e contará com a presença de autoridades como o diretor da Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS, Rodrigo Rizzo; a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas, o gerente regional da Emater/RS-Ascar, Luiz Maria Miranda de Godoi, o presidente da Comissão Nacional Permanente da Olivicultura/Mapa, Luís Gustavo Pachecho, o chefe adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento da Embrapa Clima Temperado, Jair Nachtigal, e o presidente da Ibraoliva, Eudes Marchetti.

Para abordar os assuntos que envolvem a produção da olivicultura o evento apresentará dois painéis temáticos. O primeiro será sobre A Situação da Olivicultura do Brasil, seguido de palestras do primeiro dia que serão com a abordagem em: Ações da Comissão Permanente da Olivicultura; Recomendações do Grupo Técnico para amostragem de solo, calagem e adubação; Efeitos da Antracnose na Qualidade do Azeite; e Linhas de Financiamento para Olivicultura. A programação do primeiro dia será finalizada com um coquetel de apresentação dos azeites nacionais e sua harmonização com pratos da cozinha gourmet.

O painel de quinta-feira (29/11) será sobre Sanidade dos Olivais, e na sequência, as palestras que vão discutir temas como o Pegamento de Frutos em Oliveiras: Limitantes e Possíveis Soluções; Controle de Insetos-Praga nos Olivais; Controle de Doenças Fúngicas; Produção Integrada de Oliveiras; Resultados de Pesquisas e Produtividades de Aove no Uruguai; Atividades do Ibraoliva e Demandas do Setor para Políticas Pblicas e Ações Privadas.

O evento é uma realização da Embrapa Clima Temperado em parceria com a Ibraoliva, Emater/RS-Ascar e Governo do Estado do Rio Grande do Sul e pretende reunir produtores rurais e cooperativas, agentes de transferência de tecnologia (TT-Ater), comunidade científica e acadêmica, indústria de alimentos, institutos de pesquisa agropecuária e multiplicadores de sementes e mudas para discutir assuntos atuais e relevantes sobre a cadeia da olivicultura.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink