OMS admite reabertura com medidas de proteção
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,692 (-0,27%)
| Dólar (compra) R$ 5,47 (1,26%)

Imagem: Pixabay

CORONAVÍRUS

OMS admite reabertura com medidas de proteção

Organização é favorável à abertura das fronteiras
Por: -Leonardo Gottems
491 acessos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirmou que os países não podem continuar mantendo as restrições de movimentação indefinidamente e admitiu uma reabertura com medidas de proteção. Durante uma conferência de imprensa virtual, Mike Ryan, responsável pelos programas de emergência da OMS, indicou que "será quase impossível aos países por si sós manterem as fronteiras fechadas num futuro próximo. As economias têm de abrir, as pessoas têm de trabalhar, o comércio tem de recomeçar", lembrou. 

"Manter as fronteiras internacionais fechadas não é necessariamente uma estratégia viável", considerou Ryan. É, contudo, "muito difícil estabelecer uma estratégia única global" e a responsabilidade de abrir ou encerrar fronteiras é uma questão de soberania, reconheceu. 

Para o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus,  só com adesão maciça da população às medidas de saúde, como uso de máscaras e proibição de aglomerações, será possível administrar a pandemia. “Onde essas medidas foram seguidas, os casos caíram. Onde não foram, os casos subiram”, afirmou Tedros, elogiando as respostas de Canadá, China, Alemanha e Coreia do Sul para controlar o vírus. 

"É muito difícil ter uma política que convenha a todos. Se eu sou uma pequena nação sem casos de Covid-19, um único caso importado pode ser um desastre. Num país onde a incidência da doença é significativa, fechar a fronteira pode não fazer qualquer diferença", completou Ryan. 

A afirmação ocorreu depois que alguns países começaram a recuar na decisão de abertura das fronteiras. O Reino Unido, por exemplo, anunciou repentinamente a exigência de quarentena aos turistas oriundos de Espanha, levando a protestos de Madrid. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink