Opinião: Clima e tecnologia a favor do campo

Agronegócio

Opinião: Clima e tecnologia a favor do campo

O potencial produtivo da safra 2010/11 foi comprometido
Por:
374 acessos
*Giovani Ferreira

Não precisava ser produtor ou estar no campo para ouvir falar do La Niña, fenômeno climático que reduz o volume de chuvas e torna as precipitações mais irregulares. Uma variável, ou melhor, um fantasma, que tirou o sono dos produtores. Foi assunto do plantio à colheita, mas não chegou a causar grandes estragos. O clima contrariou as previsões. Não foi o ideal, mas passou longe de ser a ameaça anunciada no início da temporada, quando governo e institutos de pesquisas davam como certo um recuo na produção.


Poderia ser melhor. O potencial produtivo da safra 2010/11 foi comprometido. Problemas pontuais, devido à falta ou excesso de chuva, ocorreram em algumas regiões. Mas numa intensidade incapaz de barrar o avanço da produção sul-americana. Com exceção da Argentina, que registra queda em relação ao ano anterior, contra todas as previsões, Brasil e Paraguai crescem. Juntos, os três principais produtores de grãos da América do Sul devem ultrapassar 130 milhões de toneladas de soja e 80 milhões de milho.


Mas é importante destacar que a superação não veio apenas na surpresa do La Ninã. Há um componente cada vez mais ativo no processo, que ao lado do clima fez a diferença: a tecnologia. Exemplo claro é a recuperação da Argentina, que em dezembro chegou a estimar uma safra de 45 milhões de toneladas de soja, menor em quase 10 milhões de toneladas. Com variedades que carregam tecnologia de ponta, com maior capacidade de recuperação, as lavouras do país venceram a estiagem e devem render mais de 50 milhões de toneladas.


A situação argentina também ilustra um pouco o que ocorreu no Brasil. Depois de um início conturbado, incerto e temeroso, o desempenho da safra não será uma Brastemp, mas com certeza surpreende. Felizmente, um ano em que prevaleceu a exceção no clima e aprendemos um pouco mais sobre a importância da tecnologia.


*Gerente de Agronegócio do GRPCom e coordenador da Expedição Safra

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink