Os dados finais da SECX/MDIC para a carne de frango em 2018

Frango

Os dados finais da SECX/MDIC para a carne de frango em 2018

Dados consolidados da SECEX/MDIC englobando os quatro itens de carne de frango exportados pelo Brasi
Por:
66 acessos

Os dados consolidados da SECEX/MDIC englobando os quatro itens de carne de frango exportados pelo Brasil – inteiros, cortes, industrializados e carne salgada – apontam volume anual da ordem de 4,013 milhões de toneladas e uma geração de receita próxima de US$6,480 bilhões, valores que representam queda de, respectivamente, 5,22% e 9,24% sobre os resultados de 2017.

Como as exportações de produto in natura apresentaram recuos menores - de 3,24% no volume e de 8,67% na receita – conclui-se que industrializados e carne salgada tiveram forte influência na redução enfrentada.

Notar que os índices de redução registrados teriam sido maiores não fosse a recuperação observada no segundo semestre. Na primeira metade do ano o volume exportado foi 13% menor, enquanto a receita sofreu queda de 17%. Já no semestre seguinte o volume aumentou quase 3% em relação ao mesmo período de 2017, enquanto a receita, embora ainda negativa, apresentou redução inferior a 1,5%. 

A recuperação, no entanto, foi tardia. Pois o ano acabou sendo fechado com o menor volume dos últimos quatro anos e um resultado muito similar ao alcançado em 2014 (diferença, a mais, inferior a meio por cento). Já a receita cambial não apenas ficou no menor nível registrado desde 2010, mas também recuou perto de 7% em relação aos (cerca de) US$6,950 bilhões alcançados dez anos antes, em 2008. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink