Ourofino Agrociência comemora seis anos de crescimento

Agronegócio

Ourofino Agrociência comemora seis anos de crescimento

Empresa se consolida como referência no setor de defensivos agrícolas
Por:
354 acessos

Empresa se consolida como referência no setor de defensivos agrícolas

Nesta sexta-feira (19), a Ourofino Agrociência chega ao seu sexto ano no mercado e reforça sua referência no segmento de defensivos agrícolas. Em pouco mais de meia década de história, a empresa superou obstáculos e conseguiu incrementar o portfólio, oferecer soluções efetivas para a lavoura e alavancar os números. Somente no primeiro semestre de 2016, a corporação registrou crescimento de 100% no faturamento acumulado, quando comparado a 2015, e vendas acima do orçamento estabelecido.

“Estamos em uma velocidade extremamente alta com a Ourofino Agrociência. Trabalhamos forte para superar os desafios. O rápido desenvolvimento se deve a experiência dos colaboradores, atentos aos mínimos detalhes em toda a cadeia produtiva”, afirma Norival Bonamichi, presidente da empresa.  Qualidade e credibilidade permeiam as atividades na Ourofino.

De acordo com dados do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), o setor registrou queda de 21,56% nas vendas em 2015. Entretanto, na contramão do cenário instável da economia, a Ourofino Agrociência adotou novas estratégias de vendas e investiu e reestruturou o organograma e as diretrizes da companhia. Também estabeleceu campanhas internas para aumentar a produtividade dos colaboradores, conscientizando-os sobre a importância de cada um no resultado final da companhia.

“Sabemos que este é um ano difícil para a economia brasileira, no entanto, acreditamos que o agronegócio será contra o fluxo. Para a Ourofino, tudo isso se apresenta como oportunidade”, destaca Marcelo Abdo, diretor Financeiro e Administrativo da Ourofino Agrociência. “Nossa crença é que 2016 será de consolidação e, ao fazermos a lição de casa bem feita, estaremos estrategicamente posicionados para os próximos anos”.
 
2016
Em junho, a Ourofino Agrociência anunciou a expansão de sua fábrica com a construção de dois novos galpões de armazenagem, que tiveram investimento de R$ 15 milhões. O projeto somou-se à planta localizada no cinturão químico de Uberaba (MG) e está preparado para receber produtos inflamáveis em, aproximadamente, 10 mil posições de paletes.
 
Outro investimento da empresa foi o aumento da capacidade de geração de energia. Com emprego de R$ 2 milhões, os novos geradores têm capacidade de produzir 2.000 KW, garantindo força em horários de pico e operação da fábrica durante a falta de suprimento.
 
Área que também recebeu ampliação foi a Unidade de Formulação Destinada à Suspensão Concentrada, que amentou a capacidade de 40 mil litros/dia para 100 mil litros/dia com o objetivo de atender a demanda interna e incrementar a capacidade produtiva da Ourofino e de terceiros.
 
Em 2017, será inaugurada ainda a Planta de Grânulos Dispersíveis para Herbicidas, que obteve R$ 12 milhões em investimentos para formulação de novos produtos em fase de registro e terceirização de serviços. O novo conceito de produção de herbicidas proporciona ganhos no processo de formulação, redução da exposição operacional na manipulação do produto e visa a não poluição do meio ambiente. No total, entre 2015 e 2016, foram aplicados, aproximadamente, R$ 43 milhões na fábrica objetivando o aumento das operações e da capacidade de produção.
 
“Os investimentos possibilitam a Ourofino Agrociência a consolidação do seu crescimento sustentável e o fortalecimento da competitividade no mercado de defensivos agrícolas. Crescemos organicamente em estrutura e números”, diz Andrea Mujali, gerente executiva de Operações Industriais da empresa.
 
Jardel Massari, vice-presidente da Agrociência, também relata sua impressão destes primeiros anos de atuação na área de defensivos agrícolas. “Somos uma empresa jovem, mas com profissionais experientes e qualificados. A Ourofino tem um know-how de pessoas com muitos anos no mercado, que sabem o que estão fazendo”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink