Leite

Ourofino leva iniciativa Leite é Bom com Tudo para a Tecnoleite

Feira começa em 24 de maio e contará com a indústria veterinária brasileira apresentando soluções e campanha que incentiva o consumo da bebida
Por:
148 acessos

Faltam poucos dias para a sétima edição da Tecnoleite Complem, que espera receber 15 mil visitantes, e a Ourofino Saúde Animal estará presente com a iniciativa Leite é Bom com Tudo. O intuito é levar ao mercado muito mais que soluções para sanidade. A empresa preza pelo incentivo à produtividade da pecuária leiteira e ao consumo da bebida e seus derivados.


 
Para demonstrar os benefícios do leite, a campanha será destaque do estande da Ourofino no evento, entre 24 e 26 de maio, onde técnicos da empresa estarão disponíveis para informar e orientar os participantes a respeito da inciativa e dos protocolos de lactação e secagem do rebanho. “A campanha já percorreu diversas cidades brasileiras e continua com força total porque atua ao lado do produtor, impulsionando o consumo e clarificando pré-conceitos”, diz Gustavo Paranhos, gerente de produtos para gado de leite da Ourofino Saúde Animal.
 
A iniciativa Leite é Bom com Tudo se propõe a fomentar os negócios da cadeia produtiva do segmento, tanto que o trabalho é realizado com parceiros que vão desde o setor primário, em que estão os produtores, as revendas e cooperativas, até consumidores. “A Ourofino tem um papel fundamental no apoio ao desenvolvimento dos pecuaristas brasileiros. Nós trabalhamos com a disseminação de conhecimento para o fortalecimento e sucesso do segmento. O crescimento da área é uma das principais dedicações da empresa”, reforça Gustavo.

 
No evento, a Ourofino ainda apresentará os antimastíticos Sellat, Mastifin, Mastifin Vaca Seca, Ciprolac e Ciprolac Vaca Seca, o anti-inflamatório Maxicam 2% e o antimicrobiano Lactofur.

 
Entre as soluções, o Ciprolac Vaca Seca é o antimastítico intramamário indicado para o período seco da vaca, com princípio ativo inovador no Brasil para esse uso, a ciprofloxacina. O produto age na prevenção da mastite clínica e no tratamento da mastite subclínica. “O uso da ciprofloxacina de alta concentração na secagem de animais é uma grande inovação, pois consegue eliminar até os agentes mais resistentes aos antibióticos até então encontrados no mercado. Sua ação em 59 dias protege praticamente todo o período seco da vaca, que deve ser de 60 dias”, explica Paranhos.
 
Outro destaque é o Sellat, selante intramamário para uso no período de secagem das vacas leiteiras. Ele atua como barreira mecânica no canal do teto e sua composição inerte confere uma barreira similar à de queratina produzida naturalmente, conferindo proteção imediata e que pode perdurar durante o período seco.

 
Para saber mais detalhes, os visitantes da feira devem procurar o estande da Ourofino, no qual os profissionais estarão a postos para tirar dúvidas, orientar, disseminar conteúdos e, consequentemente, impulsionar a produtividade do setor.
 

Veja também

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink