Outono com peso menor em pista

Agronegócio

Outono com peso menor em pista

Haverá redução de 20 quilos no peso mínimo exigido para exemplares de todas as categorias
Por:
468 acessos
Com o objetivo de amenizar o impacto da estiagem sobre a oferta de animais nas exposições oficiais de terneiros, que vão de abril a junho, haverá redução de 20 quilos no peso mínimo exigido para exemplares de todas as categorias. De acordo com o diretor do Departamento de Produção Animal da Secretaria da Agricultura (Seapa), Eraldo Marques, a medida entrará em vigor assim que a Ordem de Serviço for publicada no Diário Oficial do Estado - o que deve ocorrer ainda nesta semana. O texto será válido somente para esta temporada, pois trata-se de uma situação pontual. No restante, seguem valendo as regras da portaria 48/2010, em vigor desde abril do ano passado.


A intenção inicial da Seapa era promover uma diminuição de dez quilos para fins de enquadramento nas feiras, mas houve o entendimento da necessidade de uma maior abrangência. O principal atrativo comercial dos eventos oficiais é o crédito rural subsidiado.


Pleito de sindicatos rurais, a flexibilização ameniza o quadro e os prejuízos acumulados no campo em função das poucas chuvas no verão. Ainda assim, haverá impacto no volume ofertado nas pistas e, consequentemente, na renda circulante, prevê o presidente do Sindicato dos Leiloeiros Rurais do RS (Sindiler), Jarbas Knorr. Na temporada passada, foram comercializados 48.612 terneiros e terneiras no Rio Grande do Sul. Segundo o presidente da Comissão de Exposições e Feiras da Farsul, Francisco Schardong, por conta da seca, que dificulta a captação de gado, a feira da Fenasul - evento que ocorrerá de 26 a 29 de maio, em Esteio - não deve manter as inscrições de 2010, quando recebeu 1,5 mil cadastros.


De acordo com o coordenador do Nespro da Ufrgs, Júlio Barcellos, há duas vias de escoamento para os exemplares que, mesmo com a medida técnica, ficarão de fora. Eles poderão ser vendidos diretamente nas propriedades ou em mostras alternativas. Dados da Seapa apontam 1,27 milhão de terneiros de até 12 meses registrados.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink