Ovino Soinga é um dos atrativos da Feinco 2011

Agronegócio

Ovino Soinga é um dos atrativos da Feinco 2011

O preço das matrizes no Nordeste, em média, é de R$ 600 a R$ 800
Por: -Joana
1864 acessos
Raça eficiente, rústica, fértil e de excelente qualidade de carne, o Soinga, animal 100% brasileiro, teve grande representatividade na Feinco 2011 - Feira Internacional de Caprinos e Ovinos, em São Paulo (SP). Uma comitiva formada por 32 pessoas, entre criadores, técnicos, membros da associação de criadores, esteve na mostra para divulgar as principais características comerciais desse ovinos.

Segundo o presidente da Acosb - Associação dos Criadores de Soinga do Brasil, Diel Figueiredo, o Soinga é selecionado no Rio Grande do Norte há pelo menos 25 anos, contando com um rebanho de 12 mil animais e 42 criadores. Oriundo de cruzamentos dirigidos entre ovinos Bergamacia, Morada Nova e Somalis Brasileira, a raça é extremamente resistente às condições de regiões semi-áridas e detentor de uma carne de excelente qualidade.

"É um animal de muito prolificidade, marmoreio de carne e rusticidade nas condições mais extremas. Consegue atingir um peso considerável para nossa realidade comendo a pasto, sem nenhuma suplementação", ressalta.

De acordo com o criador Patrício Figueiredo, da Fazenda Carnaubinha, no Rio Grande de Norte, animais da raça Soinga atingem, em média, 30 quilos de carçaca com 120 dias, a pasto. "A carne é muito apreciada pela gastronomia, pelo sabor diferenciado proporcionado pelo marmoreio."

O quilo da carne, no Nordeste, chegou a alcançar R$ 11. O preço das matrizes, em média, é de R$ 600 a R$ 800. E dos reprodutores, de R$ 800 a R$ 1.500, conta Figueiredo.

O criador Aquiles Perazzo, da Fazenda Chic-Chic, em Pernambuco, relata que fêmeas Soinga, muitas vezes, geram de dois a três partos, contribuindo para melhorar a renda do produtor.

Fora do Rio Grande do Norte, Edo Mallmann, da Fazenda Rondon, no Paraná, está desenvolvendo a raça em sua propriedade, em busca de animais mais eficientes e com maior peso. O criador trouxe seis lotes à Feinco para mostrar o potencial Soinga ao público.
As informações msão da assessoria de imprensa da Feinco.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink