País não será prejudicado com redução da cota de importação de carne suína

Agronegócio

País não será prejudicado com redução da cota de importação de carne suína

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, disse que o país não vai ser afetado negativamente com a decisão da Rússia de diminuir em quase 50% a oferta de cota para importação de carne suína para 2011
Por:
773 acessos
O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, disse que o país não vai ser afetado negativamente com a decisão da Rússia de diminuir em quase 50% a oferta de cota para importação de carne suína para 2011. “A Rússia está em processo de afirmação da economia local, eles querem produzir lá. Mas nós teremos sempre um papel de protagonismo no mercado russo com a exportação de bovinos”, completou.

Rossi acredita que o comércio com a Rússia no setor pode aumentar devido à exportação de carne de frango e à alta competitividade. “A cota é menor, mas é livre e quando há liberdade ninguém ganha do Brasil. Vamos disputar e eu tenho confiança no taco do produtor brasileiro”, destacou.

A Rússia decidiu nesta quarta-feira (01-12) pela diminuição da cota global de suínos de 470 mil toneladas para cerca de 250 mil.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink