Países emergentes devem superar os ricos nas exportações do agronegócio brasileiro
CI
Agronegócio

Países emergentes devem superar os ricos nas exportações do agronegócio brasileiro

Os países emergentes aumentaram as importações de produtos do agronegócio brasileiro a uma taxa média anual de 20%
Por:

Os países em desenvolvimento deverão superar, nos próximos anos, os mercados desenvolvidos nas exportações do agronegócio brasileiro. De 2001 a 2007, as exportações brasileiras do setor saltaram de US$ 23,9 para US$ 58,4 bilhões. Os países em desenvolvimento foram responsáveis por 54,5% desse crescimento. Nesse período, os países desenvolvidos viram sua participação cair de 60,4% para 51,8%.

No que se refere à avaliação por mercados, é expressiva a redução da União Européia (UE) em 3,2 pontos percentuais e dos Estados Unidos (EUA) em 4,4 pontos percentuais do total comercializado. Ao todo, a participação dos países desenvolvidos nas exportações do agronegócio brasileiro foi reduzida em de 8,6 pontos percentuais entre 2001 e 2007. A UE e os EUA foram responsáveis por 88,4% desse resultado. Mesmo assim, houve crescimento de 109,9% das exportações do agronegócio para os países desenvolvidos, que corresponde a um aumento médio anual de 13,2%.

Por outro lado, os países emergentes aumentaram as importações de produtos do agronegócio brasileiro a uma taxa média anual de 20%. A China, isoladamente, contribuiu com metade da alta na participação dos países em desenvolvimento, passando de 3,7% para 8%, entre 2001 e 2007. Os países do Oriente Médio e da África expandiram a participação em 1,8 pontos percentuais, enquanto que a Rússia aumentou em 1,2.

Irã - As exportações brasileiras do agronegócio para o Irã, em 2007, representaram 85,2% das vendas totais para aquele país e alcançaram a cifra de US$ 1,6 bilhão. De 1997 a 2007, as exportações brasileiras do agronegócio para o mercado iraniano cresceram 20% ao ano e, a partir de 2002, o ritmo de crescimento atingiu 28,8% ao ano.

Venezuela - Nos últimos quatro anos, a Venezuela registrou um intenso crescimento. Em 2006, ocupava a 12ª posição no ranking dos maiores mercados para os produtos do agronegócio brasileiro e no ano passado ficou em 9º lugar.

Rússia - Dos US$ 3,7 bilhões exportados para a Rússia em 2007, 90% foram produtos do agronegócio brasileiro. Trata-se da maior participação do agronegócio por total vendido a um país.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.