Países exigem rastreabilidade
CI
Agronegócio

Países exigem rastreabilidade

Por:

Desde ontem (15-03), não só os bovinos cuja carne é exportada para a UE (União Européia) mas também para a lista geral de compradores terão de estar dentro do Sisbov (Sistema Brasileiro de Identificação e Certificação de Origem Bovina e Bubalina) há pelo menos 40 dias. O aviso é do Mapa (Ministério da Agricultura e Pecuária). Atualmente é obrigatória a rastreabilidade para animais que se destinam aos países da UE, o que representa 70% das exportações.

A exportação é o destino de em torno de 18% da produção de carne brasileira, o que não corresponde ao número de animais, considerando que somente cortes selecionados e considerados nobres vão para outros Países. O problema é que os fiscais agropecuários deflagraram greve nesta segunda-feira e em quanto não estiverem atuando as exportações permanecem suspensas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink