Paraguaios denunciam restrição ao ingresso da soja do país no Brasil

Agronegócio

Paraguaios denunciam restrição ao ingresso da soja do país no Brasil

Por:
1 acessos

Uma nova determinação que limita a entrada de carregamentos de soja no Brasil prejudica as exportações paraguaias do produto e se choca com convênios firmados com autoridades de Brasília, denunciaram neste sábado empresários do setor em Assunção.

Os produtores de soja, reunidos na chamada Câmara Paraguaia de Exportações de Cereais e Oleaginosas (Capeco), disseram que as autoridades do Paraguai devem reclamar ao Brasil o levantamento das restrições da soja.

O empresários do setor explicaram que a Receita Federal do Brasil ordenou a suspensão da liberação da carga noturna de soja na cidade de Foz de Iguaçu, no Paraná, o que significa que os caminhões com soja paraguaia somente podem ser controlados e entrar no Estado durante o dia.

Esta medida atenta contra os acordos que há mais de 20 anos foram assinados entre Paraguai e Brasil com o propósito de agilizar os trâmites de exportação, enfatizaram os produtores do setor.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink