Paraná assume liderança na exportação de frango
CI
Agronegócio

Paraná assume liderança na exportação de frango

Embarques somaram 117,5 mil t em maio de 2012
Por:
Exportação paranaense cresceu 45,78%, com embarque de 117,5 mil toneladas em maio de 2012

O Paraná está se consolidando como líder em exportação de frango no Brasil. A participação do Paraná nas exportações brasileiras registrou recorde histórico em maio deste ano. O estado, que já era líder em produção,
exportou 32,79% do montante nacional, isso corresponde a melhor participação de exportação do Paraná nos últimos 20 meses. Em relação a maio de 2011, a exportação paranaense cresceu 45,78%, passando de 80,6 mil toneladas no ano passado, para 117,5 mil toneladas nesse ano. Os números são da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), vinculada ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Já o crescimento no faturamento da exportação foi de 28,13%, passando de U$ 164,6 milhões no mesmo período do no passado para U$ 210,9 milhões em maio deste ano. Enquanto isso Santa Catarina registrou US$ 192,1 milhões em faturamento com a venda de 94,3 mil toneladas da proteína para o mercado externo. Na terceira colocação está o Rio Grande do Sul com o registro de US$ 94,6 milhões em faturamento e 51 mil toneladas de frango embarcadas para o exterior. Em relação ao acumulado de janeiro a maio o Paraná registrou US$
859 milhões em faturamento com embarque de 476,9 mil toneladas. Santa Catarina vem logo atrás com faturamento de US$ 805,8 milhões em faturamento com 399,1 mil toneladas exportadas.

De acordo com o presidente do Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), Domingos Martins, o crescimento do Paraná no quesito exportação é uma tendência natural. O estado passou Santa Catarina e está na liderança de exportação desde o segundo bimestre do ano, quando pela primeira vez na história ficou à frente do ranking em receita. "Podemos esperar novos recordes já que não há estado que esteja buscando mais mercado internacional que o Paraná. O bom momento para exportação, consequência da alta do dólar, motiva as empresas que não estavam habilitadas a ficarem aptas para exportar", relata Martins.

O Sindiavipar incentiva que todas as empresas paranaenses busquem habilitação para exportação para que sempre estejam preparadas para as oportunidades. "O mercado interno nunca deixa de ser prioridade já que temos consumidores potenciais por aqui, no entanto, a exportação é sempre uma conquista", opina o presidente. Martins orienta que a falta de habilitação para exportação não deve ser nunca um obstáculo para as empresas
paranaenses. Ele também atribui ao fortalecimento das exportações à entrada de novas empresas do ramo no Paraná.

Principais destinos

Os países asiáticos, principalmente Arábia Saudita e Japão continuam sendo os maiores compradores da carne de frango paranaense. Para o presidente do Sindiavipar há um movimento para que a China, terceira colocada no ranking de exportação em 2011, se torne a primeira importadora, no lugar da Arábia Saudita, caso continue crescendo e apresentando as condições atuais.

Abate

A produção avícola paranaense também não para de crescer. Em relação a maio de 2011, o abate de frangos no Paraná registrou aumento de 6,27% no mesmo mês deste ano. Já o acumulado de 2012, de janeiro a maio, registrou um crescimento de 4,11% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em maio de 2011, foram abatidos 119, 4 milhões cabeças, já no mesmo período em 2012 a quantidade chegou a 126,9 milhões de cabeças, número que também é considerado um novo recorde. Em março desse ano, quando foi registrado o
abate de 125,8 milhões de cabeças, a produção já foi considerada histórica.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink